pub

Mundial Juventude e Absoluto de Laser Radial

André Granadeiro Mostra Raça Algarvia na Holanda

Algarvio André Granadeiro em ação na Holanda, onde disputou dois Mundiais e ganhou motivação para se empenhar na Classe Laser Radial (®DR)
Algarvio André Granadeiro em ação na Holanda, onde disputou dois Mundiais e ganhou motivação para se empenhar na Classe Laser Radial (®DR)
pub

O velejador algarvio André Granadeiro, atleta do Ginásio Clube Naval de Faro disputou na Holanda os Mundiais Juventude e Absoluto da Classe Laser Radial. As duas provas decorreram em Medemblik, nos dias 11 a 26 de agosto, e motivaram o atleta farense. “Ambos os campeonatos como uma uma grande entrada nesta classe, que promete bastante”, disse André Granadeiro, ao Swell-Algarve.

O Campeonato Mundial Juventude de Laser Radial decorreu nos dias 11 a 18 de agosto. Foi a segunda prova prova internacional de André Granadeiro na Classe. “Nos ‘qualifiers’ senti alguma dificuldade em largar e sobretudo num campo super instável e em que tudo poderia acontecer”, comentou o velejador algarvio.

Depois de três dias difíceis, Granadeiro obteve melhores resultados com vento mais forte na última jornada de qualificação e conseguiu apurar-se para a Frota Bronze, entre 273 competidores. Nas quatro regatas da Frota Bronze, o algarvio andou sempre no Top 10, tendo mesmo feito 2º na penúltima, com excepção da última, que não terminou devido a problemas técnicos. André Grandeiro concluiu o Mundial Juventude em 21º na Frota Bronze, 158º na geral.

O Campeonato Mundial Absoluto de Laser Radial foi disputado nos dias 19 a 26 de agosto. Foi uma prova difícil. “Nível muito competitivo; o mais duro em que talvez já competi, com frota muito forte, pouco vento e muito vento”, recorda André Granadeiro. O algarvio entrou mal na prova, com qualificações desastrosas no primeiro dia, devido a problemas técnicos e táticos. “Com o avançar do campeonato, os resultados foram ficando melhores, a ponto de ter tirado um 9º num dia com vento sólido de 20 ‘knots’ do Quadrante Oeste”, comentou o algarvio.

André Granadeiro concluiu o Mundial Absoluto em 42º. Foi, no geral, uma boa experiência, motivadora para o velejador de Faro. “Irei aplicar-me todos os dias a esta Classe não só no mar mas também no ginásio”, concluiu o velejador algarvio, agradecendo também aos apoios Ginásio Centro de Ferro (Faro), Ergocentro (Faro) e Glogglz Sunglasses.

O melhor português nos Mundias de Laser Radial na Holanda foi Lourenço Mateus, 31º Juventude e 22º Absoluto. O polaco Marcin Rudawski sagrou-se Campeão do Mundo Absoluto e o grego Dimitris Papadimitriou é Campeão do Mundo Juventude.

Comentários