pub

Pesca Submarina | Dois algarvios no pódio do Campeonato Individual

Algarvio Jody Lot Vice-Campeão Nacional

Equipa Honda Marine - Grow: André Domingues, Matthias Sandeck, Jody Lot e Humberto Silva (®GrowPortugal)
Equipa Honda Marine - Grow: André Domingues, Matthias Sandeck, Jody Lot e Humberto Silva (®GrowPortugal)
pub

Jody Lot sagrou-se vice-campeão nacional de pesca submarina. O algarvio tricampeão nacional perdeu a discussão do título em Peniche, para o ‘eterno’ adversário de Lisboa André Domingues. No pódio do Campeonato Nacional Individual de Pesca Submarina 2017 esteve outro algarvio, Humberto Silva, também de Portimão, garantindo os três primeiros lugares e a vitória por equipas para a Honda Marine – Grow.

O Campeonato Nacional Individual de Pesca Submarina 2017 decorreu no fim-de-semana 8 e 9 de julho, em duas jornadas de cinco horas cada. A primeira jornada, sábado, foi disputada na costa Norte da Península de Peniche, entre o Cabo Carvoeiro e o Baleal. A segunda jornada, domingo, decorreu na Costa Sul, entre a Consolação e a Areia Branca, área com menos peixe e mais desafiante para os ‘caçadores’ submarinos. Grande parte das capturas foi oferecida ao Lar de Santa Maria de Peniche.

André Domingues venceu as duas jornadas e conquistou o seu sexto título nacional individual, após um interregno de três anos. “Após um fim-de-semana de competição com condições muito duras, com cada peixe válido a pedir muito esforço, consigo ao fim de 3 anos de jejum ganhar mais um campeonato nacional”, comentou o campeão de Lisboa, nas redes sociais. André Domingues já conquistou este ano o título nacional de Duplas (com o algarvio Matthias Sandeck) e recuperou o título individual que ganhou nos anos 2003; 2004; 2008; 2009 e 2013.

Os algarvios Jody Lot e Humberto Silva, vice-campeões nacionais de Duplas 2017, ocuparam o 2º e 3º lugares, respetivamente, no pódio do Campeonato Nacional Individual. Jody Lot, antigo campeão do Mundo (2012) e Euro-Africano (2011) e campeão nacional individual nos últimos três anos perdeu o título em Peniche. “Falhei por poucos peixes. Foi dos campeonatos mais renhidos que tive”, comentou o pescador submarino alvorense, ao Swell-Algarve.

Jody Lot foi 3º na primeira jornada (sábado) e 2º na segunda jornada (domingo), concluindo o campeonato no 2º posto da classificação individual, com menos 5 peixes válidos e 7.610 pontos que o vencedor. “Falhou algumas abróteas que tinha marcado e não estavam lá e faltou-me mais uns dias de prospeção”, explicou o algarvio. Jody tinha planeado cinco dias de prospeção na área do campeonato, mas só conseguiu realizar três devido a problemas de transporte.

“O André (Domingues) trabalhou bem e venceu. Ele é uma máquina. Estamos sempre os dois em guerra na água”, concluiu Jody Lot, felicitando o novo campeão nacional. O terceiro lugar no pódio foi ocupado por Humberto Silva, com menos cinco peixes e a menos de sete mil pontos de distância do 2º classificado. Humberto é natural de Torres Vedras e está a residir há dois anos em Alvor, Portimão. O atleta regressou à competição o ano passado, após uma pausa de dois anos e conseguiu um excelente resultado em Peniche.

Os três primeiros lugares no Campeonato Nacional Individual de Pesca Submarina 2017 foram conquistados pela Honda Marine – Grow, que venceu o campeonato por equipas, contando ainda com os pontos do 5º classificado, o algarvio Matthias Sandeck. “A Honda Marine através da GROW Portugal, representante oficial da Marca para o território Nacional, agradece o enorme esforço, dedicação e empenho em honrar a marca que representaram durante todas as provas da corrente época”, publicou a marca, no Facebook.

Comentários