pub

William Risselin

Algarvio Vai Representar Bélgica no Mundial Optimist

William Risselin na última regata, que terminou em 2º, na prova que fechou o apuramento, no passado fim-de-semana (®ThomTouwPhotography)
William Risselin na última regata, que terminou em 2º, na prova que fechou o apuramento, no passado fim-de-semana (®ThomTouwPhotography)
pub

O velejador algarvio William Risselin venceu o apuramento nacional belga juvenil e vai representar a Bélgica no Campeonato do Mundo de Optimist, na Tailândia, em julho. “Estou muito feliz e muito orgulhoso”, disse o atleta, ao Swell-Algarve, após o regresso da Holanda, onde decorreu a última prova de apuramento, no fim-de-semana 13 e 14 de maio.

William Risselin é belga, tem 13 anos de idade e vive há 9 anos no Algarve, onde frequenta escola do ensino básico português e desenvolveu competências de velejador como atleta do Ginásio Clube Naval de Faro. Foi em representação do clube algarvio que conseguiu em 2016 um lugar de qualificação para o Mundial de Optimist, ao terminar o ‘ranking’ do critério de apuramento nacional português em 4º lugar. Não foi convocado, porque a lei portuguesa não permite a integração de estrangeiros em seleções de Portugal.

O jovem velejador está encurralado pela lei portuguesa. Não pode ser chamado a uma Seleção de Portugal porque não tem nacionalidade portuguesa. E não pode requerer a nacionalidade portuguesa porque ainda não completou 10 anos de residência em Portugal. Sem soluções no País que adoptou, William Risselin teve de recorrer ao País onde nasceu e de onde saiu aos 4 anos de idade.

Em julho do ano passado, William Risselin inscreveu-se na Federação Belga e no Clube RYCB Antwerpen (Royal Yachting Club Belgium) e passou a competir com a vela BEL 1186. O velejador algarvio pôs o seu talento ao serviço da Bélgica, para procurar naquele país a oportunidade de competir no Mundial, ou no Europeu de Optimist.  Foi um ano de grande esforço para o jovem farense, com constantes viagens para participar em provas no estrangeiro. “Na escola recuperava durante a semana. Tive exames há pouco tempo e correu bem”, garantiu o atleta, ao Swell-Algarve.

Os cinco belgas apurados para o Mundial de Optimist. Quatro são repetentes. Algarvio William Risselin, ao centro, é a novidade (®ThomTouwPhotography)

Os cinco belgas apurados para o Mundial de Optimist. Quatro são repetentes. Algarvio William Risselin, ao centro, é a novidade (®ThomTouwPhotography)

O apuramento nacional belga, que é disputado em simultâneo com o apuramento holandês, em provas conjuntas, terminou no fim-de-semana 13 e 14 de junho. Todas as 3 provas de apuramento foram disputadas na Holanda. A última foi disputada em Workum, perto de Amesterdão, e William Risselin terminou em 7º na geral, 2º melhor resultado belga.

“Não estava muito nervoso. Era o que estava mais próximo de ir ao Mundial”. William Risselin chegou à última prova de apuramento na condição de líder do ‘ranking’ nacional belga. Os cinco melhores do ‘ranking’ ficam apurados para o Mundial. “Comecei bem, com 9º e 7º nas duas regatas do primeiro dia, com pouco vento”, recordou o atleta algarvio.

No 2º dia de prova, domingo 14 de maio, o atleta estava ainda mais descontraído. “Ao final do 1º dia, o meu treinador fez as contas e já sabia que ia ao Mundial”, revelou o velejador. O 2º dia correu ainda melhor a William Risselin. Com vento mais intenso e chuva, o algarvio fez 6º, 3º e 2º nas três regatas que completaram a prova.

Nas 14 regatas em três provas de apuramento belgo-holandês, os piores resultados de William Risselin foram 16º e 17º, que descartou para as contas finais. O algarvio adaptou-se bem aos métodos dos três treinadores belgas e às condições de competição na Holanda e alcançou o sonho de estar no Mundial de Optimist.

“Nunca estive na Tailândia. Muita gente diz que lá nunca está muito vento”, disse o atleta. “Agora vou treinar todos os fins-de-semana e fazer também preparação física”, acrescentou. William Risselin disputou o campeonato regional do Algarve, as provas de apuramento nacionais portuguesas e o Campeonato de Portugal de Juvenis. Vai também participar na última prova de apuramento portuguesa, no final deste mês. Tudo com vela da Bélgica e em regime de treino de competição.

Comentários