pub

Marca técnica de surf com raíz no Algarve

Jam Traction Conquista a Europa

Gony Zubizarreta, à esquerda, e Marlon Lipke, os donos da Jam Traction (®PauloMarcelino)
Gony Zubizarreta, à esquerda, e Marlon Lipke, os donos da Jam Traction (®PauloMarcelino)
pub

É uma estória de sucesso. A marca técnica de surf Jam Traction, criada pelo algarvio Marlon Lipke e pelo espanhol Gony Zubizarreta, conquistou a Europa em dois anos. “Não estávamos à espera que corresse tão bem. Agora vamos abrir mercado na América Central e do Sul“, revelou o surfista algarvio, ao Swell-Algarve.

Marlon e Gony são surfistas de classe mundial, mas a pegada que vão deixar no surf vai além da competência nas ondas e do sucesso desportivo. Os dois surfistas criaram uma marca técnica de surf. A ideia germinou entre os dois amigos, mas era necessário um produto que fizesse a diferença. A aposta foram os ‘decks’ (ou ‘grips’). “Demorámos um ano à procura do material certo”, recorda Gony Zubizarreta.

A experiência dos dois surfistas foi fundamental na procura. Foram testados muitos ‘grips’, produzidos por fábricas diferentes, até que o conforto desejado foi encontrado, ao cabo de um ano de experiências. “Foi numa sessão de offshore na Caparica. Assim que pus o pé, percebi que era aquilo que procurávamos”, disse Marlon Lipke.

Encontrado o produto certo, a marca lançou-se no mercado. Os ‘decks’/’grips’ Jam Traction começaram a ser experimentados e comentados por surfistas em todo o mundo, numa propagação facilitada pela própria dimensão mundial dos dois surfistas empresários. “É um grip confortável; sentes que o pé está lá”, explica Marlon Lipke.

Em dois anos, os ‘decks’/’grips’ Jam Traction conquistaram a Europa. Estão à venda na Holanda, Áustria, Alemanha, Inglaterra, Itália, França, Espanha, Portugal e também Israel. É um produto com raízes no Algarve, que está a espalhar-se pelo Mundo. “Agora vamos abrir mercado na América Central e do Sul e temos contatos no Japão e na Austrália”, revelou Marlon Lipke.

A gestão do sucesso não é fácil. Os dois surfistas estão sempre a viajar, para provas de surf por tudo o mundo, e agora acrescentam deslocações de negócios. O escritório da marca são os telemóveis dos surfistas. “É super complicado combinar tudo; é muito difícil relaxar”, admite Marlon Lipke. Mas a vitória está à vista e brilha no sorriso dos dois surfistas empresários.

Além dos ‘decks’/’grips’, a Jam Traction tem também ‘leashes’/’shops’ e capas para pranchas de surf e irá acrescentar mais material técnico à medida que for consolidando a sua estrutura. O futuro parece promissor e não cabe em falsas modéstias. “O mercado do surf está em crescimento. Nós agora somos a maior marca técnica da Europa… já estamos aí”, conclui Marlon Lipke.

 

Comentários