pub

APB World Tour | Última etapa masculina

Gonçalo Pinheiro 33º na Estreia em Fronton

Gonçalo Pinheiro em Fronton, pico onde se estreou (®JordiDiaz)
Gonçalo Pinheiro em Fronton, pico onde se estreou (®JordiDiaz)
pub

Terminou o circuito mundial de bodyboard APB World Tour para o algarvio Gonçalo Pinheiro. O atleta da Associação de Bodyboard de Sagres foi eliminado na Ronda 2 do The Fronton King, última etapa do circuito, em Gran Canaria, Ilhas Canárias, que marcou a estreia do algarvio naquele ‘pico’. “Vou voltar cá muitas mais vezes porque adorei a onda”, disse Gonçalo Pinheiro, ao Swell-Algarve.

Gonçalo Pinheiro foi eliminado ontem à tarde, quinta-feira 20 de outubro. Depois de ter feito 3º lugar na sua bateria da Ronda 1, o atleta algarvio mediu forças com o australiano Garth McGregor em duelo a eliminar na Ronda 2. O australiano foi mais forte (15,5 pontos) e o algarvio perdeu com 12,07 pontos, concluindo a prova em 33º.

“Apostei nas esquerdas e acho que devia ter arriscado numa onda, mas acho que não ia mudar muito … ele foi melhor”, comentou Gonçalo Pinheiro, para o Swell-Algarve, comentando a bateria em que foi eliminado.

Gonçalo Pinheiro ao sair da água após a derrota na Ronda 2 (®APB)

Gonçalo Pinheiro ao sair da água após a derrota na Ronda 2 (®APB)

Foi a primeira vez que o bodyboarder algarvio surfou Fronton. “Acho que a onda é muito boa e tenho pena de ter sido a primeira vez que vim cá … sem dúvida que vou voltar cá muitas mais vezes porque adorei a onda”, disse o atleta.

Gonçalo Pinheiro realizou seis etapas do APB World Tour 2016, tendo apenas faltado às duas primeiras, no Hawaii (‘Pipeline’) e no Tahiti (Teahupoo). O atleta algarvio seguia na 32ª posição do ‘ranking’ mundial à entrada para a penúltima etapa, na Nazaré, que também concluiu em 33º.

The Fronton King é etapa ‘prime’, com 8 mil pontos para o vencedor, o dobro do habitual. É a etapa que vai decidir o campeão do mundo 2016, com cinco candidatos ao ‘trono’: Ian Campbell (África do Sul), Pierre Louis Costes (França), Jeff Hubbard (Hawaii), Amaury Lavernhe (Ilha Reunião) e Alex Uranga (País Basco).

Comentários