pub

Itacoatiara Pro | Circuito Mundial APB Tour

Gonçalo Pinheiro 33º no Brasil

Dia 4 de ação no Itacoatiara Pro, quarta-feira, foi servido por boas ondas de 2 metros (®TonyDAndrea/APB)
Dia 4 de ação no Itacoatiara Pro, quarta-feira, foi servido por boas ondas de 2 metros (®TonyDAndrea/APB)
pub

O Itacoatiara Pro recomeçou, após alguns dias de pausa à espera de ondas. A etapa brasileira do circuito mundial de bodyboard APB World Tour foi retomada ontem, quarta-feira 22 de junho, com o início da competição no quadro principal masculino. O algarvio Gonçalo Pinheiro foi eliminado na Ronda 2, no dia em que o português António Cardoso fez uma onda de 10 pontos.

As boas condições começaram a produzir pontuações altas logo na primeira bateria, com o campeão do ano passado, Amaury Lavernhe (Ilha Reunião) a conseguir fazer uma onda de 9 pontos, que lhe deu uma vantagem confortável na liderança da primeira bateria de quarta-feira, que venceu com um total de 15,25 pontos.

O algarvio Gonçalo Pinheiro (4,75 de pontuação final) este nessa bateria e ficou em 3º lugar. “Não foi a melhor prestação mas siga p’a a frente”, comentou Gonçalo Pinheiro. Valeu ao algarvio a Ronda 1 não ser de eliminação. Lavernhe avançou direto para a Ronda 3. Gonçalo Pinheiro e Gugu Barcellos (Brasil) foram para a Ronda 2.

A Ronda 1 foi disputada em baterias com 3 atletas cada e ninguém foi eliminado. Na Ronda 2, as baterias são com 2 atletas cada e o derrotado é eliminado. As boas condições de ontem, com ondas de 2 metros e boa formação, permitiram ainda a realização das oito primeiras baterias da Ronda 2 masculina.

Gonçalo Pinheiro entrou na segunda bateria da Ronda 2 e perdeu o duelo com o brasileiro Hermano Castro… por 0,15 pontos. O bodyboarder algarvio (12,00 | 6,50+5,50) perdeu a precisar de um onda de 5,66 pontos, para conseguir desfazer a vantagem segura pelo brasileiro com uma onda de 7 pontos (12,15 | 7,00+5,15). Foi por pouco. Com a eliminação na Ronda 2, Gonçalo Pinheiro conclui o Itacoatiara Pro na 33ª posição.

Início da onda que deu dez pontos a António Cardoso (®TonyDAndrea/APB)

Início da onda que deu dez pontos a António Cardoso (®TonyDAndrea/APB)

António Cardoso avançou diretamente para a Ronda 3 ao vencer a sua bateria na Ronda 1 com uma onda de 10 pontos e outra de 7,50 pontos. Uma exibição forte do finalista do ano passado, que o colocou no mapa das preocupações dos suspeitos do costume. António Cardoso fez a melhor onda e a melhor pontuação (duas ondas) do dia. “Quando vi o tubo, não pensei que fosse tão comprido. Mas consegui sair e ainda encontrei uma boa rampa para ir para o ar”, comentou o português.

Manuel Centeno e Miguel Adão fizeram, respetivamente, 2º e 3º lugar nas respetivas baterias da Ronda 1 e foram obrigados a passar pela Ronda 2, que irá recomeçar esta quinta-feira, a partir da bateria 9. Miguel Adão tem encontro marcado com o campeão do mundo, Jared Houston.

Comentários