pub

Canoagem | Maria Cabrita

Algarvia Medalha de Prata em Mundial Universitário

Maria Cabrita, atrás e Francisca Laia conquistaram a medalha esta quinta-feira, em Montemor-o-Velho (®Jose D’OliveiraSousa)
Maria Cabrita, atrás e Francisca Laia conquistaram a medalha esta quinta-feira, em Montemor-o-Velho (®Jose D’OliveiraSousa)
pub

A algarvia Maria Cabrita, atleta do Kayak Clube Castores do Arade alcançou, há momentos, em equipa com Francisca Laia, a medalha de prata na prova de K2 200m no Campeonato Mundial Universitário de Canoagem a decorrer no Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho até ao dia 10 de Junho.

A dupla portuguesa registou o tempo de 40,272 segundos mais 1,152 segundos que a dupla da Polónia, constituída por Anna Pulawska e Dominika Wlodarczyk, que registou 39,120 segundos. A equipa de Itália constituída por Francesca Capodimonte e Francesca Genzo terminou a prova com 40,924 segundos assegurando a medalha de bronze.

Maria Cabrita é da freguesia de Algoz, concelho de Silves e estudante do último ano de licenciatura de Ciências do Desporto da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra e Francisca Laia, do Sporting Clube de Portugal, é de Abrantes e também estuda em Coimbra na Faculdade de Medicina.

A 7ª edição do Campeonato Mundial Universitário conta com a presença de cerca de 250 atletas, em representação de 20 países e é uma organização da Federação Portuguesa de Canoagem, em parceria com a Federação Internacional de Desporto Universitário (FISU), Federação Académica de Desporto Universitário(FADU), Universidade de Coimbra(UC), Associação Académica de Coimbra e ainda dos Municípios de Coimbra e de Montemor-o-Velho.

Nota da Redação: A mesma dupla Maria Cabrita e Francisca Laia conquistou, em 2014, medalha de bronze no Europeu Sub-23 em França e foi 6ª classificada no Mundial Júnior e Sub-23 na Hungria, em ambos os casos na disciplina K2 500m.

Fonte: Nota de Imprensa Kayak Castores Clube do Arade

Comentários