pub

Australiano triunfa 'em casa'

Mitch Rawlins Vence Shark Island Challenge

Mitch Rawlins foi o melhor domador da besta de Shark Island (®DR)
Mitch Rawlins foi o melhor domador da besta de Shark Island (®DR)
pub

O bodyboarder australiano Mitch Rawlins venceu o OpenLIVE Shark Island Challenge 2016, numa das mais pesadas e perigosas ondas de bodyboard em todo o mundo, que se ergueram até mais de dois metros de altura e proporcionaram algumas dos mais alucinantes ‘drops’ desde a histórica edição de 2001.

O OpenLIVE Shark Island Challenge esteve em período de espera há 18 meses, não tendo reunido condições para a realização do evento em 2015. De repente, no final da semana passada foi anunciada a chegada de um forte ‘swell’ à zona costeira de Cronulla, Sydney, Austrália, e o evento foi convocado e realizado em dois dias, ontem e hoje.

Mitch Rawlings com o prémio de vencedor do evento (®SamVenn)

Mitch Rawlings com o prémio de vencedor do evento (®SamVenn)

Foram convidados um total de 25 atletas, muitos australianos e alguns dos melhores bodyboarders do mundo, para desafiar o ‘buraco cavernoso’ de Shark Island. Chegaram à final Shaun Pyne (Cronulla), Shaun Petersen (NSW), Mitch Rawlings (Goal Coast, Qld), Lachlan Cramsie (Kiama) e Jase Finlay (NSW).

Na final de 40 minutos e à melhor de duas ondas, Rawlins foi o mais paciente e veio sempre de trás para conseguir as notas necessárias e conquistar o troféu de bravura como ‘rei’ de uma das mais difíceis ondas de bodyboard no mundo.

Comentários