pub

Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças 2016 | 2ª Etapa

Rafael Cabral Bisa no Nacional Esperanças

Rafael Cabral em ação no pico da Areia Branca. O algarvio venceu a segunda etapa consecutiva em Sub-14 (®AlvaroFr/EriceiraSurfClube)
Rafael Cabral em ação no pico da Areia Branca. O algarvio venceu a segunda etapa consecutiva em Sub-14 (®AlvaroFr/EriceiraSurfClube)
pub

Rafael Cabral (Associação de Bodyboard de Sagres) venceu a 2ª Etapa do Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças 2016 na categoria Sub-14, disputada no ‘pico’ da Pedra Branca, Praia da Empa, Ericeira, no fim-de-semana 4 e 5 de junho. Depois de um ano de pausa, o campeão nacional Sub-12 de 2014 não podia ter regressado da melhor forma à competição e ter feito melhor estreia no novo escalão: venceu duas etapas consecutivas e distanciou-se no comando do ‘ranking’ nacional Sub-14.

A 2ª Etapa CNBB Esperanças 2016 foi organizada pelo Ericeira Surf Clube, com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf; e decorreu naquela que é por muitos considerada a ‘melhor esquerda’ da Ericeira e que produziu ondas de meio metro, com boa formação, durante o fim-de-semana. Participaram na prova um total de 79 bodyboarders, dos 12 aos 18 anos de idade.

Treinador Francisco Pinheiro atento ao pico da Ateia Branca (®InfinityPic/EriceiraSurfClube)

Treinador Francisco Pinheiro atento ao pico da Ateia Branca (®InfinityPic/EriceiraSurfClube)

A Associação de Bodyboard de Sagres foi o único clube algarvio presente, como já vem sendo habitual no CNBB Esperanças. A comitiva ABS, liderada pelo treinador Francisco Pinheiro, foi composta por quatro atletas: Rafael Cabral em Sub-14, Diogo Sousa e Tomás Rosado em Sub-16 e Ricardo Mendonça em Sub-18. ‘Rafa’, Diogo e Ricardo estão este ano a estrear-se nas respetivas categorias.

As ‘esquerdas’ são as melhores ondas para os atletas algarvios, por serem as mais habituais na zona de treinos da ABS, mas o ‘pico’ da Pedra Branca tem a emoção acrescida do fundo rochoso. Ricardo Mendonça não se adaptou às condições e perdeu na primeira ronda Sub-18 (oitavos-de-final), em 4º na sua bateria. Fez 19º lugar na etapa, pior que o 9º lugar alcançado na Nazaré, em abril.

Ricardo Mendonça não foi feliz na Ericeira (®InfinityPic/EriceiraSurfClube)

Ricardo Mendonça não foi feliz na Ericeira (®InfinityPic/EriceiraSurfClube)

Na categoria Sub-16, com 21 atletas em prova. Diogo Sousa e Tomás Rosado avançaram até às meias-finais. Diogo Sousa realizou um percurso fulgurante, vencendo as suas baterias nas duas primeiras rondas (‘oitavos’ e quartos-de-final) da competição. Nas meias-finais, isolado numa luta contra três atletas de um mesmo clube (AquaCarca), Diogo Sousa magoou um pé na laje e acabou por perder em 4º, concluindo a etapa em 7º lugar; muito melhor que o 13º lugar que tinha feito na 1ª Etapa.

Diogo Sousa melhorou o seu resultado em relação à primeira etapa (®AlvaroFr/EriceiraSurfClube)

Diogo Sousa melhorou o seu resultado em relação à primeira etapa (®AlvaroFr/EriceiraSurfClube)

Tomás Rosado vinha de uma vitória categórica na Nazaré, local da etapa de estreia do circuito. Na Ericeira, Tomás começou discreto, com um apuramento em 2º nos oitavos-de-final, mas venceu a sua bateria na ronda seguinte.

nas meias-finais Sub-16, e numa altura em que o seu colega de equipa Diogo Sousa estava a ser assistido pelos bombeiros; Tomás Rosado falhou por pouco o apuramento para a final. O algarvio fez dois rollos numa onda e no segundo também bateu na laje. Surfou bem na meia-final, mas escolheu ondas pequenas, tendo sido eliminado em 3º, equivalente a 5º lugar na etapa. O jovem atleta ABS, a cumprir o segundo e último ano na categoria, desceu ao 2º lugar do ‘ranking’ nacional, a 120 pontos do líder, João Ferreira, vencedor da etapa.

Tomás Rosado é agora 2º no 'ranking' nacional Sub-16 (®InfinityPic/EriceiraSurfClube)

Tomás Rosado é agora 2º no ‘ranking’ nacional Sub-16 (®InfinityPic/EriceiraSurfClube)

Rafael Cabral foi a grande estrela ABS na Ericeira. O ex-campeão nacional Sub-12 ‘varreu’ a competição Sub-14 no ‘pico’ da Pedra Branca, vencendo as 3 baterias em que participou, dos quartos-de-final até à final. O jovem bodyboarder algarvio consolidou a sua liderança no ‘ranking’ nacional Sub-14 e ganhou distância porque houve atletas diferentes no 2º lugar do pódio nas duas etapas.

Rafael Cabral, de vermelho, no pódio Sub-14. Algaravio lidera 'ranking' nacional (®AlvaroFR/EriceiraSurfClube)

Rafael Cabral, de vermelho, no pódio Sub-14. Algaravio lidera ‘ranking’ nacional (®AlvaroFR/EriceiraSurfClube)

Joel Rodrigues, Rafael Cabral, João Ferreira, André Rodrigues e Teresa Padrela foram os vencedores, respectivamente, das categorias sub 12, sub 14, sub 16, sub 18 e sub 18 Feminino. Estiveram também em destaque Gonçalo Rugeroni, atleta do Ericeira Surf Clube que obteve a melhor pontuação numa onda e David Vedor, porque esteve presente em duas finais e obteve o melhor ‘score’ em toda a prova nas meias finais dos Sub 16. Outra curiosidade foi o resultado da final Sub-12 ter sido igual ao da 1ª Etapa.

Vencedores da 2ª Etapa do Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças 2016 (®AlvaroFr/EriceiraSurfClube)

Vencedores da 2ª Etapa do Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças 2016 (®AlvaroFr/EriceiraSurfClube)

Finais + ABS 2ª Etapa CNBBE 2016 | Ericeira

Sub-12

1. Joel Rodrigues (CNPov)

2. Vasco Ferreira (AquaCarca)

3. Ricardo Mourão (CRCQL)

4. Francisco Ferreira (AquaCarca)

Sub-14

1. Rafael Cabral (ABS)

2. Pedro Ferreira (AquaCarca)

3. Miguel Silva (CNPov)

4. Tomás Meca (CDAN)

Sub-16

1. João Ferreira (AquaCarca)

2. António Ferreira (AquaCarca)

3. David Vedor (CRCQL)

4. Rodrigo Lopes (AquaCarca)

(…)

5. Tomás Rosado (ABS)

7. Diogo Sousa (ABS)

Sub-18 Feminino

1. Teresa Padrela (AquaCarca)

2. Mariana Rosa (AuqaCarca)

3. Joana Pinto (AquaCarca)

4. Carolina Esteves (ABFM)

Sub-18

1. André Rodrigues (AquaCarca)

2. David Vedor (CRCQL)

3. Pedro Machado (AON)

4. Jacinto Pascoal (CNPov)

(…)

19. Ricardo Mendonça (ABS)

Links:

CNBB Esperanças 2016 | 1ª Etapa, Nazaré (abril)

Comentários