pub

Pesca Submarina | Vitória individual em Sagres

Algarvio Jody Lot Tricampeão Nacional

Jody Lot depois da consagração e do duche de  espumante, satisfeito com a vitória e objetivo alcançado. "Este ano está cumprido", disse o campeão (®PauloMarcelino)
Jody Lot depois da consagração e do duche de espumante, satisfeito com a vitória e objetivo alcançado. "Este ano está cumprido", disse o campeão (®PauloMarcelino)
pub

O algarvio Jody Lot venceu o Campeonato Nacional Individual de Pesca Submarina 2016, disputado este fim-de-semana, 4 e 5 de junho, em Sagres, Vila do Bispo. Foi o terceiro título nacional individual consecutivo conquistado pelo pescador submarino alvorense e talvez tenha sido o mais difícil. “Foi um campeonato muito difícil, disputado até às últimas”, disse o campeão, ao Swell-Algarve.

Jody venceu o campeonato mas não venceu nenhuma das duas jornadas (sábado e domingo), nas quais foi sempre 2º classificado. Matthias Sandeck realizou uma primeira jornada (sábado) muito forte. Foi um dia de muito peixe. Matthias capturou 35 peixes válidos no sábado, para um total de 65630 pontos. Jody Lot apresentou 37 peixes válidos e alcançou 63575 pontos. Foi um duelo de titãs. André Domingues fez 3º lugar na jornada de sábado, com 31 peixes válidos e 47600 pontos.

Matthias Sandeck foi 2º classificado nas contas finais. Domingo apresentou um robalo com 4,045kg, a segunda maior captura do campeonato (®PauloMarcelino)

Matthias Sandeck foi 2º classificado nas contas finais. Domingo apresentou um robalo com 4,045kg, a segunda maior captura do campeonato (®PauloMarcelino)

Para as pesagens que fazem as contas dos campeonatos de pesca submarina contam não só o número de peixes válidos (cada espécie tem peso mínimo de validade: sargos só contam a partir de 500g, por exemplo) e o peso total das capturas, mas também a variedade de espécies capturadas (cada espécie apresentada vale mil pontos e algumas têm bónus). Por isso se explica que Matthias tenha ganho a jornada de sábado com menos peixes válidos que Jody; e que André tenha sido 3º muito distante apesar de ter apenas menos quatro peixes que o vencedor da jornada.

A jornada de sábado foi um dia especial de capturas. Os quatro primeiros classificados da jornada de sábado fizeram mais pontos do que o vencedor da jornada deste domingo. Após as derradeiras 5 horas de mar a norte de Sagres, este domingo à tarde, Jody Lot chegou ao Porto da Baleeira, sem certeza da vitória. “Tenho 21 peixes bons, mas não sei se chega”, comentou o algarvio, enquanto prendia o barco na rampa. Não chegou para vencer a jornada, mas chegou para vencer o campeonato.

Jody Lot mostra parte das capturas à chegada a Sagres, este domingo. Era 2º classificado na altura e não sabia se chegava para 1º (®PauloMarcelino)

Jody Lot mostra parte das capturas à chegada a Sagres, este domingo. Era 2º classificado na altura e não sabia se chegava para 1º (®PauloMarcelino)

O vencedor da jornada foi André Domingues, com 24 peixes válidos e 45285 pontos. Jody Lot voltou a fazer 2º lugar na jornada, com um bom lote sortido de 21 peixes, que lhe valeram 42370 pontos. O algarvio teve de esperar pela última pesagem, mas Matthias Sandeck não surpreendeu: apresentou 16 peixes, entre os quais um impressionante robalo de 4,045kg, e somou 34820 pontos, ficando em 3º lugar na jornada.

Feitas as contas às duas jornadas, Jody Lot sagrou-se campeão nacional, com mais 5495 pontos que Mathias Sandeck, segundo classificado. Uma margem curta e que foi em grande parte alcançada pela moreia capturada este domingo por Jody Lot. Foi a única moreia capturada em todo o campeonato e só por si valeu 2500 pontos (mil por ser espécie diferente, mil de bónus pela espécie que é e 500 pontos por ser mais um peixe válido). André Domingues foi 3º classificado no campeonato, a 7565 pontos de Mathias Sandeck.

André Domingues venceu a jornada deste domingo, com 2 safios entre 24 peixes válidos. Fez 3º lugar no campeonato (®PauloMarcelino)

André Domingues venceu a jornada deste domingo, com 2 safios entre 24 peixes válidos. Fez 3º lugar no campeonato (®PauloMarcelino)

Jody, Mathias e André são atletas do Grupo Desportivo Estoril Praia, que venceu o campeonato na classificação por clubes. O Grupo Desportivo Cultural Administração do Porto de Sines fez 2º lugar por clubes e o 3º lugar foi conquistado pelo Clube de Vela de Lagos.

Pódio por clubes no Campeonato Nacional Individual de Pesca Submarina 2016 (®PauloMarcelino)

Pódio por clubes no Campeonato Nacional Individual de Pesca Submarina 2016 (®PauloMarcelino)

Apontamentos

Bom humor numa homenagem feita por amigos a Jody Lot (®PauloMarcelino)

Bom humor numa homenagem feita por amigos a Jody Lot (®PauloMarcelino)

Carnaval: Os amigos de Jody Lot preparam uma surpresa para apresentar os peixes do algarvio na pesagem. Colocaram máscaras com o rosto do algarvio e proporcionaram um momento de bom humor, apresentado em conjunto as capturas de Jody. Todos por um !

Catarina Santos foi a única mulher no campeonato. A federação quer mais mulheres na modalidade e ofereceu inscrições (®PauloMarcelino)

Catarina Santos foi a única mulher no campeonato. A federação quer mais mulheres na modalidade e ofereceu inscrições (®PauloMarcelino)

Uma senhora entre homens: Catarina Santos, do Estoril Praia, foi a única senhora que aceitou a oferta de inscrição feita pela Federação Portuguesa de Atividades Subaquáticas e participou no campeonato. Foi a única senhora entre 21 homens na água. Fez 22º lugar e não apanhou qualquer peixe, mas participou. Ao Swell-Algarve, Catarina explicou que para as senhoras é mais difícil porque só há pouco tempo há fatos próprios femininos, porque ainda é difícil encontrar barbatanas para os números mais pequenos das senhoras e porque as mulheres têm mais frio do que os homens na água. E acrescentou, bem disposta: “Eles têm de ter paciência, porque nós demoramos mais um bocadinho”.

O algarvio Vasco Silva recebeu o troféu Sub-23, categoria na qual é Campeão Nacional (®PauloMarcelino)

O algarvio Vasco Silva recebeu o troféu Sub-23, categoria na qual é Campeão Nacional (®PauloMarcelino)

O mais novo: Vasco Silva foi o atleta mais novo em prova, recebendo um prémio especial de participação como atleta Sub-23. Vasco é atleta do Clube de Vela de Lagos e Campeão Nacional Sub-23 de Pesca Submarina.Fez 18º lugar no Campeonato Nacional Individual 2016.

Aos 54 anos de idade, o algarvio Paulo Silva repetiu o seu melhor resultado em nacionais individuais (®PauloMarcelino)

Aos 54 anos de idade, o algarvio Paulo Silva repetiu o seu melhor resultado em nacionais individuais (®PauloMarcelino)

O mais velho: Paulo Silva tem 54 anos de idade e é o decano da pesca submarina ainda no ativo. É atleta do Clube de Vela de Lagos e presença habitual em pódios da sua categoria na modalidade triatlo. No Campeonato Nacional Individual de Pesca Submarina 2016 fez 7º lugar, igualando o seu melhor resultado, alcançado há 16 anos.

João Peixeiro foi o 'campeão peixe', com um robalo de quatro quilos e meio (®PauloMarcelino)

João Peixeiro foi o ‘campeão peixe’, com um robalo de quatro quilos e meio (®PauloMarcelino)

Maior captura: João Peixeiro, do Grupo Desportivo Cultural Administração Porto Sines venceu o troféu para a maior captura no campeonato em Sagres, com um robalo de 4,560kg capturado na primeira jornada, sábado. Hoje, domingo, Peixeiro voltou a capturar peixe grande; dois safios válidos. Foi 5º classificado no Campeonato Nacional.

Pódio Individual com os melhores de Portugal (®PauloMarcelino)

Pódio Individual com os melhores de Portugal (®PauloMarcelino)

Campeões: Jody Lot, Matthias Sandeck e André Domingues formaram a tripla que venceu o Campeonato Nacional de Triplas este ano. Jody Lot e André Domingues formaram a dupla que venceu o Campeonato Nacional de Duplas, em maio. Agora subiram ao pódio no Campeonato Individual: Jody em 1º, Matthias em 2º e André em 3º. São os melhores pescadores submarinos portugueses da atualidade

 

 

Comentários