pub

2ª Etapa Liga Moche 2016

‘Kikas’ e Carol Vencem Allianz Caparica Pro

Carol Henrique e Frederico Morais, os vencedores da 2ª Etapa Liga Moche 2016 (®PedroMestre/ANS)
Carol Henrique e Frederico Morais, os vencedores da 2ª Etapa Liga Moche 2016 (®PedroMestre/ANS)
pub

Frederico Morais e Carol Henrique são os vencedores do Allianz Caparica Pro, segunda etapa da Liga MOCHE 2016. Depois de terem sido os grandes destaques do segundo dia de competição, ambos os surfistas confirmaram o favoritismo e ganharam na Costa de Caparica, Almada. A competição chegou ao fim este Domingo, dia 10, numa manhã de ondas com um metro e algum vento desafiante.

Na categoria masculina, Frederico Morais, atual campeão nacional, que começou o dia a derrotar José Ferreira na primeira bateria das semifinais, dominou completamente a final contra Gony Zubizarreta, que tinha eliminado Filipe Jervis no seu heat das semifinais. Nos derradeiros trinta minutos da categoria masculina, Frederico Morais mostrou-se incansável ao apanhar doze ondas, duas das quais na casa do excelente, 8.20 e 8.00, totalizando 16.20 pontos contra os 11.90 de Zubizarreta.

Depois de ter faltado à 1ª Etapa e após um estágio de 3 meses na Austrália, Frederico Morais não deu hipóteses na Caparica (®PedroMestre/ANS)

Depois de ter faltado à 1ª Etapa e após um estágio de 3 meses na Austrália, Frederico Morais não deu hipóteses na Caparica (®PedroMestre/ANS)

Depois de ter falhado a primeira etapa, Morais não podia ter entrado na Liga MOCHE 2016 em melhor forma, como afirmou depois da final: “Não há melhor maneira de entrar na Liga MOCHE 216. Ao início custou-me por causa do frio, ao qual não estava habituado porque estive três meses na Austrália. Mas foi um bom campeonato! Na final, apanhei muitas ondas porque acho que neste tipo de mar, o truque é apanhar tudo o que mexe e procurar a melhor onda. Foi essa a minha estratégia nos heats de hoje e resultou perfeitamente. Agora é ver como correm as próximas etapas e espero continuar este momento”. Assim, Frederico Morais bisou na Caparica, depois de ter vencido também este campeonato em 2015.

Já a final feminina foi muito disputada. A atual campeã da Liga MOCHE, Teresa Bonvalot, até entrou melhor no heat, fazendo um 6.25, mas Carol Henrique, 4ª classificada do ranking, conseguiu responder com um par de notas na casa dos 4 pontos. A estas notas juntou mais tarde uma onda de 6 pontos que deixaram Bonvalot sem resposta. Carol conseguiu assim a sua primeira vitória de sempre na Liga e está agora empatada com Camilla Kemp no primeiro lugar do ranking nacional.

Carol Henrique surfou na final com uma prancha do irmão, Pedro Henrique (®PedroMestre/ANS)

Carol Henrique surfou na final com uma prancha do irmão, Pedro Henrique (®PedroMestre/ANS)

Depois da final, a surfista de Cascais não podia estar mais contente. “Estou muito contente. Queria muito vencer aqui. Claro que queremos sempre vencer, mas esta semana eu tinha metido na cabeça que ia ganhar. Treinei muito e tentei perceber como funcionam as ondas e as marés aqui na Costa. Surfei com uma prancha que era do meu irmão [NDR: Pedro Henrique] e gostei muito. A minha estratégia foi estar bem ativa na bateria e apanhar muitas ondas porque o mar não estava fácil” revelou a surfista. Carol sucede a Camilla Kemp como vencedora do Allianz Caparica Pro.

Nos homens, o ranking da Liga MOCHE continua a ser liderado por Gony Zubizarreta, seguido de Vasco Ribeiro e com José Ferreira a fechar o pódio. Frederico Morais é 11º. Já nas senhoras, Carol Henrique e Camilla Kemp repartem o primeiro lugar, seguidas de Teresa Bonvalot na 3ª posição do ranking.

Quanto ao ranking da Allianz Triple Crown, Gony Zubizarreta, agora com um 1º e um 2º lugar, continua a liderar a categoria masculina. Já na categoria feminina, Camilla Kemp reparte agora o primeiro lugar deste ranking com Carol Henrique.

A próxima etapa da Liga MOCHE será no Porto, entre os dias 13 e 15 de Maio.

Resultados finais da prova

Final masculina: Frederico Morais, 16.90 vs Gony Zubizarreta, 11.90 ;
Final feminina: Carol Henrique, 10.75 vs Teresa Bonvalot, 7.35 ;
Líderes da Allianz Triple Crown: Gony Zubizarreta e Camilla Kemp/Carol Henrique;
Ramirez Júnior Award (sub18 masculino): João Moreira;
Renault Expression Session: Leon Glatzer;
Almada Best Surfer: Lourenço Alves e Beatriz Santos.

Liga Moche despede-se da Caparica e regressa à água em maio, no Porto (®PedroMestre/ANS)

Liga Moche despede-se da Caparica e regressa à água em maio, no Porto (®PedroMestre/ANS)

Para além dos títulos nacionais, o Allianz Caparica Pro foi também a segunda etapa da Allianz Triple Crown, troféu interno da Liga MOCHE que no conjunto das provas com Naming Sponsor Allianz, irá distribuir mais de 6.000€ entre o vencedor masculino e a vencedor feminina. Encontraram-se também em disputa o Ramirez Junior Award, que nesta etapa foi atribuído ao melhor surfista sub18 masculino, e a Renault Expression Session, ambos atribuindo 2.500€ anuais, para além do Almada Best Surfer no valor de 2.000€. A premiação global da Liga Moche 2016 será superior a 80.000€ anuais.

Todas as etapas da Liga MOCHE têm transmissão em direto com toda a qualidade da fibra MEO via liga.moche.pt, app mobile Surf MOCHE e MEO Kanal 202020, juntando-se ainda os programas de antevisão e resumo na RTP1 e Bola TV.

A Liga MOCHE é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MOCHE, Allianz Seguros, Renault, Ramirez, Red Bull, o apoio local da Câmara Municipal de Almada, os parceiros oficiais RTP1, Cidade FM e GO-S.TV e os media partners Diário de Notícias, A Bola, Beachcam, SURFPortugal, ONFIRE, Surftotal e SAPO, e o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf e do Caparica Surfing Clube.

Fonte: Nota de Imprensa Associação Nacional de Surfistas – Liga Moche

Links:

Allianz Caparica Pro | Dia 2 (sábado 9 de abril)

Allianz Caparica Pro | Dia 1 (sexta-feira, 8 de abril)

Etapa 1 Ligha Moche 2016 | Ericeira (março)

Comentários