pub

Campeonato Nacional de Canoagem de Mar | 2ª Etapa

‘Castores’ no Pódio por Equipas em Lagoa

Prova no concelho de Lagoa juntou 150 atletas de 23 clubes de Portugal e também atletas de Espanha, Holanda e África do Sul (®KCCA)
Prova no concelho de Lagoa juntou 150 atletas de 23 clubes de Portugal e também atletas de Espanha, Holanda e África do Sul (®KCCA)
pub

O Kayak Clube Castores do Arade organizou este sábado, 9 de abril, em parceria com a Câmara Municipal de Lagoa, o “Praias de Lagoa – Downwind”, 2ª Etapa do Campeonato Nacional de Canoagem de Mar de 2016, promovida pela Federação Portuguesa de Canoagem e pela Associação Regional de Canoagem do Algarve. O sul-africano Oscar Chalupsky, referência mundial na modalidade, foi o grande vencedor absoluto e os ‘Castores’ conquistaram a medalha de prata no pódio por equipas.

Oscar Chalupsky, a competir pelo Clube Fluvial Vilacondense, venceu a geral absoluta com o tempo de 1:01:36,23, estabelecendo um novo record do percurso, retirando 26 segundos à melhor marca realizada na edição do ano passado. Em segundo lugar terminou o atleta Bruno Rafael, do Sport Lisboa e Benfica, que ficou a 38 segundos do vencedor. O terceiro lugar absoluto foi para Guilherme Cabral, do Naval de Sesimbra, que terminou com 1:02:44,56. Todos da categoria SS-1 Sénior (surfski monolugar).

Sul-africano Oscar Chalupsky é um referência mundial da canoagem de mar e venceu a prova algarvia com um novo recorde do percurso (®KCCA)

Sul-africano Oscar Chalupsky é um referência mundial da canoagem de mar e venceu a prova algarvia com um novo recorde do percurso (®KCCA)

Nas mulheres a vitória absoluta coube a Sofia Coelho, do Naval de Sesimbra, com o tempo de 1:15:07,79, seguida da primeira classificada da categoria juniores, Sara Sotero, do Clube do Mar Costa do Sol, que averbou o tempo de 1:19:22,84. A terceira classificada absoluta foi Joana Moura também do Clube do Mar Costa do Sol que terminou com 1:19:32,83.

Os Castores do Arade venceram na categoria em SS-1 Vet-A feminino com Ana Bebiano e alcançaram duas medalhas de prata com Nuno Silva em K1-Mar masculino absoluto e a dupla Iago Bebiano / Gonçalo Bento em SS-2 Júnior. Com estes resultados todos estes atletas assumiram a liderança no ranking nacional na sua respectiva categoria. Foi alcançado mais um pódio, por Rita Ângelo em SS-1 Júnior feminino, que terminou na 3ª posição.

Ana Bebiano, atleta KCCA, venceu na categoria SS-1 Vet-A feminino (®KCCA)

Ana Bebiano, atleta KCCA, venceu na categoria SS-1 Vet-A feminino (®KCCA)

Os atletas da comitiva do KCCA terminaram quase todos no top-10 das suas categorias. Destaque para o 4º lugar alcançado por Camila Lopes em SS-1 Juniores femininos e por Tomás Santos em K1 Mar Absoluto. Ana Acuña foi 5ª classificada em SS-1 seniores femininos. Na 6ª posição das suas categorias terminaram: Dimas Rey em SS-1 juniores, Hélder Camacho em SS-1 Vet-A, Luis Lima em SS-1 Vet-B e a dupla Alexandre Neves e Christina Pedroso em SS-2 Misto. Mário Cabede foi 8º em SS-1 juniores e José Soares terminou na 11ª^posição em SS-1 Vet-A.

As condições foram excelentes para a prática desta especialidade da canoagem, com o vento predominante de noroeste a proporcionar ondas rápidas que aceleraram as embarcações dos competidores na direcção da chegada. Com efeito, para ir da Praia Grande de Ferragudo até à praia da Senhora da Rocha em Porches, os primeiros classificados necessitaram de pouco mais de uma hora para cumprir os 14 km do percurso o que dá conta da velocidade que os canoístas conseguiram atingir nas ondas algarvias.

Nuno Silva a representar o KCCA no 2º lugar do pódio por equipas (®KCCA)

Nuno Silva a representar o KCCA no 2º lugar do pódio por equipas (®KCCA)

A nível colectivo os Castores do Arade terminaram na 2ª posição com 6530 pontos, atrás do Clube do Mar Costa do Sol de Oeiras com 8399 pontos, ficando a terceira posição para o Clube de Canoagem de Setúbal com 5200 pontos.

A prova contou com a presença de mais de 150 atletas de 23 clubes de todo o país e ainda atletas de Espanha, Holanda e África do Sul.

O Campeonato Nacional de Canoagem de Mar de 2016 é constituído por 6 etapas que se disputam um pouco por todo o país, passando por Sesimbra, Lagoa, Setúbal, Peniche, Esposende e em Outubro no Funchal, Madeira.

Prova algarvia teve 150 atletas na água, um novo recorde de participação (®KCCA)

Prova algarvia teve 150 atletas na água, um novo recorde de participação (®KCCA)

A canoagem de mar utiliza surfskis e é uma especialidade da canoagem em franca expansão em Portugal e na Europa. Depois de bater recordes de participação no hemisfério sul, com a realização de regatas na Austrália, África do Sul e Hawaii, com cerca de 500 participantes, o surfski entrou em força na Europa ganhando cada vez mais adeptos. A nível internacional a canoagem de mar é conhecida por Ocean Racing.

Fonte: Nota de Imprensa Kayak Clube Castores do Arade

Links:

1ª Etapa Campeonato Nacional de Canoagem de Mar 2016 | Sesimbra (março)

Comentários