pub

17 anos de idade, atleta do Portimão Surf Clube

Charlotte, a Nova Cara Bonita do Surf Algarvio

Charlotte van Berkum está todos os dias na praia e não passa despercebida (®JorgeSantos)
Charlotte van Berkum está todos os dias na praia e não passa despercebida (®JorgeSantos)
pub

“Ela tem tudo para ser a Alana Blanchard da Europa”. Quem o diz é Francisco Canelas, presidente do Portimão Surf Clube e treinador de Charlotte van Berkum, a nova ‘coqueluche’ do surf algarvio. A surfista da zona de Sagres tem 17 anos de idade, estreou-se nas ondas há 3 anos e começou a treinar a sério desde Junho do ano passado. Vai iniciar a sua primeira época desportiva e revela uma paixão absoluta pelo surf.

Perguntamos a Charlotte qual é a sua onda preferida. “É todos os dias”. A resposta da jovem surfista ilustra bem a motivação e o empenho que coloca na aprendizagem da modalidade. Esses são mesmo os principais atributos que o treinador lhe reconhece e que justificam a “evolução gigante” da surfista nos últimos sete meses. “As marcas que se ponham a pau. A Charlotte é boa surfista, humilde e bonita”, avisa Francisco Canelas.

Motivação, humildade e empenho são características que ajudam Charlotte a evoluir o seu surf (®JorgeSantos)

Motivação, humildade e empenho são características que ajudam Charlotte a evoluir o seu surf (®JorgeSantos)

“É um grande comentário”, diz Charlotte, visivelmente divertida. “Trabalho na moda e isso (ser a Blanchard da Europa) era algo que gostava de realizar”. Surfar e ser um exemplo é o futuro de sonho para Charlotte, que é vegetariana e apaixonou-se pelo surf devido ao “estilo de vida”. O seu desejo é só um: “Evoluir e, mais tarde, conseguir viver do surf. É mesmo uma paixão!”

Charlotte experimentou o surf por causa de uma aula oferecida pelos pais ao irmão. “Motivou-me a experiência. Moro num sítio que é um paraíso para o surf. Agora é a minha vida“. A praia mais próxima de Charlotte é a Ponta Ruiva, com o seu “drop magnífico”, mas a surfista percorre todas as praias da zona de Sagres e não só, à procura de ondas para treinar. Está na praia todos os dias, faz surf todos os dias.

Charlotte começou a surfar há 3 anos e teve uma "evolução gigante" nos últimos sete meses (®JorgeSantos)

Charlotte começou a surfar há 3 anos e teve uma “evolução gigante” nos últimos sete meses (®JorgeSantos)

O fotógrafo Jorge Santos encontrou a surfista dois dias consecutivos, em praias diferentes: terça-feira em Cabanas Velhas, perto do Burgau; e quarta-feira no Barranco, Raposeira. Foram duas sessões distintas. “Em Cabanas Velhas foi muito bom. Estava eu e mais dois surfistas e os ‘sets’ demoravam a entrar. No Barranco foi mais complicado. Cheguei lá com maré cheia e estavam uns 15 surfistas na água. Foi difícil dropar”, comentou a surfista.

Essa variedade de condições é, precisamente, o treino ideal para a fase desportiva de competição que a surfista vai iniciar. “Não quero ter muitas expetativas, para ver se não me desiludo. Vou treinar em ondas menos boas, porque são condições habituais nos campeonatos. Gostava este ano de conseguir pódios, pelo menos no Regional”.

A atleta já tem experiência na moda e quer fazer do surf o seu modo de vida (®JorgeSantos)

A atleta já tem experiência na moda e quer fazer do surf o seu modo de vida (®JorgeSantos)

O desafio desportivo começa no próximo dia 6 de fevereiro, na Praia da Falésia. Até lá, Charlotte van Berkum vai andar pelas praias do Barlavento, a treinar estrategicamente em ondas menos boas, mas na expetativa de encontrar também algumas mais emocionantes. “Gosto das ondas com ‘power’. não muito rápidas e de metro e meio”. Ora aí está uma bitola ambiciosa. “Gosto de adrenalina”, explica Charlotte.

Charlotte van Berkum, 17 anos (®JorgeSantos)

Charlotte van Berkum, 17 anos (®JorgeSantos)

Comentários