pub

Circuito Regional de Surf do Sul 2016

Etapa na Falésia Aberta a Sub-10

Prova de surf na Falésia vai decorrer em simultâneo com a Regata Internacional do Carnaval (®QSF/Arquivo)
Prova de surf na Falésia vai decorrer em simultâneo com a Regata Internacional do Carnaval (®QSF/Arquivo)
pub

O Circuito Regional de Surf do Sul 2016 vai começar no próximo dia 6 de fevereiro, na Praia da Falésia, Vilamoura; e logo com uma boa notícia para o futuro do surf algarvio. A organização do Quarteira Surf Project decidiu abrir a etapa à categoria Sub-10 e os mini-campeões das espumas vão mostrar aos pais e a todos nós como o surf está a crescer na região.

A etapa na Falésia vai ter três categorias extra: Sub-10, Open e Longboard, confirmou o Quarteira Surf Project (QSP), escola de surf da Associação Dinamika, que organiza a prova em parceria com o Clube Internacional da Marina de Vilamoura (CIMAV). As inscrições estão abertas e devem ser enviadas, até 4 de fevereiro, para o email qsurfp@gmail.com. Cada inscrição custa 20€ e os atletas têm de estar federados para participar na prova.

Francisco Duarte, vencedor Sub-18 da etapa em 2015, último ano junior do atleta, que se sagrou campeão regional Sub-18 (®QSP)

Francisco Duarte, vencedor Sub-18 da etapa em 2015, último ano junior do atleta, que se sagrou campeão regional Sub-18 (®QSP)

A 1ª Etapa do Circuito Regional de Surf do Sul 2016 vai decorrer nos dias 6 e 7 de fevereiro, na Praia da Falésia, conforme o Swell-Algarve noticiou em ‘1ª mão’. A etapa inclui as categorias oficiais Sub-12, Sub-14, Sub-16, Sub-16 Feminino, Sub-18 e Sub-18 Feminino. Para estas seis categorias vai ser uma prova oficial de qualificação para o Campeonato Nacional de Surf Esperanças 2016, de acordo com o modelo estreado no ano passado pela Federação Portuguesa de Surf.

O Campeonato Nacional de Surf Esperanças é disputado em três provas finais, cada uma com duas categorias: Sub-12 e Sub-14; Sub-16 e Sub-18; Sub-16 Feminino e Sub-18 Feminino. Os atletas qualificam-se para estas provas nacionais, na respetivas categorias, de acordo com os resultados alcançados nos circuitos regionais, valendo para cada atleta o circuito da região do clube pelo qual está federado.

A Praia da Falésia tem uma 'esquerda' forte, propícia a boas manobras, como este 'floater' de Ivan Bailote (®QSP)

A Praia da Falésia tem uma ‘esquerda’ forte, propícia a boas manobras, como este ‘floater’ de Ivan Bailote (®QSP)

Existem seis circuitos regionais; o do Sul é um deles, abrangendo a faixa costeira desde Vila Real de Santo António (Algarve) a Grândola (Alentejo). Apuram-se diretamente para as ‘finais nacionais’ os campeões e vice-campeões regionais em cada categoria. As restantes vagas no Campeonato Nacional de Surf Esperanças são preenchidas de acordo com o ‘seeding’ de cada região, isto é, de acordo com a valoração dos resultados dos atletas de cada região no ano anterior.

A prova que vai realizar-se na Praia da Falésia, no primeiro fim-de-semana de fevereiro, é da máxima importância para todos os surfistas Esperanças algarvios, federados e com idades compreendidas entre os 11 e os 18 anos. A competição vai ser feroz e espera-se também um nível muito elevado de surf em Longboard e Open, categorias nas quais podem participar surfistas algarvios que estão entre os melhores de Portugal.

Marlon Lipke, Top 6 Nacional em 2015, venceu a prova na Falésia em 2014, na imagem (®PauloMarcelino/Arquivo)

Marlon Lipke, Top 6 Nacional em 2015, venceu a prova na Falésia em 2014, na imagem (®PauloMarcelino/Arquivo)

A tudo isto acrescenta-se a exibição competiva dos Sub-10, com particular curiosidade para a nova geração que está agora ‘no forno’ do veterano treinador Sérgio Brandão (Algarve Surf Clube), formador da maioria dos ‘top surfers’ algarvios. E do outro lado do Molhe, na Marina de Vilamoura, está a base do Regata Internacional do Carnaval, um dos maiores eventos de vela em Portugal, que decorre em simultâneo. Razões não faltam, para estar na Praia da Falésia, dias 6 e 7 de fevereiro.

O evento de surf tem os apoios Junta de Freguesia de Quarteira, Câmara Municipal de Loulé e Ericeira Surf & Skate, responsável pelos prémios. A Federação Portuguesa de Surf tutela o circuito e fornece apoio técnico.

Links:

Calendário CRSSul 2016

Circuito Regional de Surf do Sul 2015 

Comentários