pub

Ordem do Infante D. Henrique

Presidente da República Agracia Velejador Algarvio

Hugo Rocha aplaudido por Cavaco Silva após ser investido com o Grande-Colar da Ordem do Infante (®PresidenciaRepublica)
Hugo Rocha aplaudido por Cavaco Silva após ser investido com o Grande-Colar da Ordem do Infante (®PresidenciaRepublica)
pub

O Presidente da República agraciou o velejador algarvio Hugo Rocha, natural de Faro, com o grau de comendador da Ordem do Infante D. Henrique. A cerimónia de investidura das insignias decorreu no Palácio de Belém e homenageou atletas olímpicos medalhados, incluindo também Nuno Barreto e Sérgio Paulinho; e o presidente do Comité Olímpico Português, José Manuel Constantino.

A investidura do Grande-Colar Da Odem do Infante D. Henrique é uma homenagem que distingue pessoas por feitos de natureza extraordinária e especial relevância para Portugal. Hugo Rocha e Nuno Barreto foram agraciados por terem conquistado Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos Atlanta 1996, enquanto tripulação representante de Portugal na Classe de Vela na Classe 470. A Vela Portuguesa não recebia uma medalha olímpica há 36 anos. Sérgio Paulinho recebeu as insígnias pela Medalha de Prata em ciclismo de estrada nos Jogos Olímpicos Atenas 2004.

Apontamento televisivo da altura sobre ‘o bronze’ na Vela em Atlanta 1996 

“Foi sem dúvida um momento importante que me fez recordar que aconteceu há 20 anos. A conquista da medalha nos Jogos Olímpicos de Atlanta marcou as nossas vidas”, comentou Hugo Rocha. Num post publicado no Facebook, o velejador algarvio agradece a diversas entidades, incluindo ao Ginásio Clube Naval de Faro, que define como: “meu clube”. Hugo Rocha vive em Barcelona e está ligado à indústria da vela e à competição. É campeão do Mundo em título na Classe J80.

Os três atletas medalhados olímpicos agora agraciados não puderam receber as insígnias em maio do ano passado, na Homenagem ao Desporto Nacional então promovida pelo Presidente da República. Aníbal Cavaco Silva recebeu-os no passado dia 4 de janeiro, no Palácio de Belém, para a cerimónia de investidura, agraciando também o presidente do Comité Olímpico Português, José Manuel Constantino. “O sucesso dos atletas depende também dos dirigentes desportivos”, sublinhou o Presidente da República.

Grupo agraciado pelo Presidente da República, em Belém, no passado dia 4 de janeiro (®PresidenciaRepublica)

Grupo agraciado pelo Presidente da República, em Belém, no passado dia 4 de janeiro (®PresidenciaRepublica)

Os atletas foram agraciados em reconhecimento pela “honra que deram aos portugueses ao verem levantar a Bandeira de Portugal nos Jogos” e também pelo seu “mérito desportivo e do se percurso de vida”, sublinhou o Presidente da República, durante a cerimónia em Belém.

Comentários