pub

Surfista algarvio apanha swell da década em Maui

Surfline.com Destaca Alex Botelho em Jaws

Alex Botelho em Jaws, sexta-feira, 15 janeiro 2016 (®RyanMoss/Surfline.com)
Alex Botelho em Jaws, sexta-feira, 15 janeiro 2016 (®RyanMoss/Surfline.com)
pub

Surfline.com assinalou a chegada do “swell da década” à poderosa onda P’eahi (Jaws), em Maui, Havai. Entre as primeiras fotografias de um surfista a ‘dropar’ aquela que é uma das mais conhecidas ondas grandes em todo o mundo está uma imagem do algarvio Alex Botelho, bolseiro Tour do EDP Mar Sem Fim.

“Algumas das maiores ondas que vi até hoje e nas mais perfeitas condições. Também me deram a maior tareia de sempre. É muito gratificante estar lá fora e ver o pessoal a fazer História”, comentou Alex Botelho, após a sessão de ontem, sexta-feira 15 de janeiro, em Jaws… uma sessão que, certamente, jamais irá esquecer.

Alex Botelho venceu a Bolsa Tour do projeto EDP Mar Sem Fim e por isso viajou até ao Havai, no momento da chegada às ilhas de um ‘swell XXL’ e para lá ficar um mês a treinar em Jaws e reunir créditos (imagens) para tentar entrar no Circuito Mundial de Ondas Grandes da World Surf League. De acordo com EDP Mar Sem Fim, Alex Botelho é o primeiro português a surfar Jaws gigante.

A primeira imagem de Alex Botelho em Jaws, captada ontem pelo fotógrafo Ryan Moss e divulgada pela Surfline.com (AQUI), é um excelente cartão de visita para o Big Wave Tour da WSL. “Palavras e imagens não conseguem descrever o que os meus olhos viram hoje. O nível de empenho e dedicação para a performance foi para lá dos limites. Toda a gente tinha a expetativa, mas ninguém esperava ver a fasquia de surf em ondas grandes ser tão elevada em Jaws”, escreveu Ryan Moss, na legenda da sua fotografia de Alex Botelho publicada na Surfline.com.

Comentários