pub

Praia do Norte, dia 23 de dezembro

Alex Brilha na Nazaré em Sessão “Exagerada”

Alex Botelho foi dos surfistas que mais impressionou na sessão épica de remada na Praia do Norte, dia 23 de dezembro (®PraiaDoNorte)
Alex Botelho foi dos surfistas que mais impressionou na sessão épica de remada na Praia do Norte, dia 23 de dezembro (®PraiaDoNorte)
pub

A semana de Natal concentrou a atenção dos entusiastas de ondas grandes sobre o Canhão da Nazaré. A Praia do Norte produziu ondulação arrepiante e foi visitada por ‘red chargers’ de todo o mundo. A sessão épica de remada no passado dia 23 de dezembro foi já considerada uma das melhores, se não mesmo a melhor do ano e um dos surfistas que mais deu nas vistas foi o algarvio Alex Botelho. “Fui surfar de direta. Estivemos na água cinco ou seis horas e apanhei várias ondas. Foi uma sessão exagerada”, disse o ‘red charger’ algarvio, ao Swell-Algarve.

'Crowd' em sessão de ondas gigantes. Alex Botelho à direita (®PraiaDoNorte)

‘Crowd’ em sessão de ondas gigantes. Alex Botelho à direita (®PraiaDoNorte)

“O mar estava grande. Não sei dizer que tamanho, mas muitos dos que lá estiveram disseram que foram das maiores ondas que viram na vida”, comentou Alex Botelho. O ‘flag rider’ da Ferox Surfboards teve uma viagem atribulada para a Nazaré. Viajou de véspera, mas o carro avariou na estrada e o surfista só chegou ao destino pelas 5h30, pelo que foi surfar sem ter dormido.

Estava prevista uma sessão de tow-in, mas o grupo internacional de surfistas “estava com pica para a remada”. Reuniram e decidiram-se pela segunda hipótese. A diferença está entre entrar na onda de lado e puxado por uma mota de água, ou entrar na onda à força de braços a partir do ‘pico’, o que proporciona ‘drops’ (descidas na parede da onda) muito mais emocionantes. “Eu prefiro a remada, se bem que (a Praia do Norte) não é o sítio mais fácil”, disse Alex Botelho.

Canhão da Nazaré tem estado ativo e esperam-se mais sessões épicas nos próximos dias (®PraiaDoNorte)

Canhão da Nazaré tem estado ativo e esperam-se mais sessões épicas nos próximos dias (®PraiaDoNorte)

 A sessão começou pelas 09h00 e terminou cerca das 15h00. “Correu bem. Logo no início fiz uma, o que é bom para tirar o pó. Apanhei várias ondas ao longo da sessão e tive uma ou duas quedas, mas nada de grave”, relatou Alex Botelho. Perguntamos ao surfista algarvio como definiria a sessão em poucas palavras. “Exagerada… com algumas coisas loucas”, respondeu Alex.

A ação na água, nessa quarta-feira 23 de dezembro, decorreu sob o foco das câmeras do projeto local Red Chargers, de Garrett McNamara; do ‘pessoal’ da World Surf League Big Wave Awards e de uma equipa da Surf Portugal. Os jornalistas da revista portuguesa sublinharam os ‘drops’ impressionantes de Alex Botelho e escreveram que “o algarvio foi considerado pelos seus pares como um dos grande dominadores da sessão”.

Video Surf Portugal – Drop de Alex Botelho 1m39

Alex Botelho tem feito várias sessões na Praia do Norte. nos últimos anos, e tem treinado especificamente para ondas grandes. “Tem havido progressão. O treino técnico é uma ajuda física e psicológica, mas o fator medo está sempre presente. Não conseguimos ter tudo cem por cento sob o nosso controlo. Por muita técnica que tenhamos, estamos sempre à mercê das condições”.

O surfista de Lagos mostra cada vez mais à-vontade nas ondas grandes e entrou definitivamente no grupo dos locais ‘red chargers’ da Nazaré. Está sempre ‘on-call’ para a próxima boa ondulação na Praia do Norte e deverá ser convidado para o evento Red Charger que terá transmissão na Internet e aguarda pelo maior swell da estação. Mas para já e após uma semana de emoções fortes, “até ao novo ano vou descansar”, diz Alex Botelho.

Comentários