pub

Montepio Cascais Pro | 8 a 10 outubro | 'Kikas' e 'Saca' discutem título masculino

Decisão Final na Liga Moche

12033093_855061051268450_597810169099772857_n
pub

Arranca já amanhã, quinta-feira 8 de outubro, o Montepio Cascais Pro, Etapa 5 da Liga MOCHE 2015, o circuito que define o campeões nacionais de surf. Com o título feminino já decidido, as atenções centram-se na discussão do título masculino, entre Tiago Pires e Frederico Morais, que ficará definido até ao próximo sábado, dia 10.

“O call está marcado para as 8h da manhã, em Carcavelos, onde esperamos que uma nova ondulação entre, com ventos favoráveis”, afirma Pedro Monteiro, o diretor de prova. “Se não se materializar, arrancamos para o placo alternativo, no Guincho, onde iremos realizar a prova feminina na íntegra, uma vez que as nossas melhores atletas sub-18 têm de se juntar à selecção nacional de surf júnior, que irá representar o país no mundial por equipas da categoria. Esse evento tem início no próximo Domingo, nos Estados Unidos, obrigando a nossa selecção a voar para a Califórnia na noite de amanhã, por isso optámos por facilitar a vida às meninas. No entanto, com as previsões que temos neste momento, os melhores surfistas nacionais prometem dar espectáculo e terminar a Liga MOCHE 2015 em condições de gala. Vamos aguardar e torcer pelo melhor. Boa sorte a todos!”, conclui.

Assim, no feminino, com o título já decidido a favor de Teresa Bonvalot, que aos 15 anos se sagrou campeã nacional pela segunda vez consecutiva, a disputa pelo vice-título está aberta entre Carina Duarte, Carol Henrique, Ana Sarmento e Camilla Kemp.

No masculino, Tiago Pires (‘Saca’) e Frederico Morais (‘Kikas’) são os únicos capazes de conquistar o título nacional, mas terão forte oposição em surfistas como Vasco Ribeiro (campeão nacional em título), o algarvio Marlon Lipke, Pedro Henrique, Nicolau Von Rupp, Miguel Blanco, José Ferreira, Francisco Alves, Justin Mujica, Filipe Jervis ou os irmãos Miguel e Rodrigo Champalimaud (wildcards da etapa), entre outros.

Destaque para a quinta bateria da primeira fase, que conta com a presença dos três únicos surfistas portugueses que conquistaram o título europeu de surf profissional até hoje! Justin Mujica (em 2004), Marlon Lipke (em 2012) e Pedro Henrique (este ano – 2015) discutem entre si, na companhia de Manuel Morgado, a passagem ao segundo round do Montepio Cascais Pro, num heat que promete!

De referir igualmente a presença dos muito jovens João Vidal, Guilherme Ribeiro e Afonso Antunes, campeões nacionais nas categorias Sub-12 e Sub-14 dos últimos anos, que vão medir forças com os surfistas mais velhos e experientes, podendo sempre causar surpresas.

O Montepio Cascais Pro tem ainda alguns eventos paralelos importantes incluídos, distribuídos da seguinte forma (horários sujeitos a alterações, consoante competição e condições do mar):

Quinta-feira, 8 de outubro
08h – Call do primeiro dia de competição (Praia de Carcavelos)
10h – Acção MOCHE/Surf Rider Foundation, com escolas do concelho de Cascais
12h – Palestra Safe Surf promovida pela Allianz, com o surfista José Ferreira
15h – Aula de Surf MOCHE com escolas do concelho de Cascais
16h – Final Feminina do Montepio Cascais Pro

Sexta-feira, 9 de outubro
10h – Acção MOCHE/Surf Rider Foundation, com escolas do concelho de Cascais
11h – Aula de Surf Renault (30 participantes)
15h – Aula de Surf MOCHE, com escolas do concelho de Cascais
16h – Aula de Surf Renault (30 participantes)
17h – Renault Expression Session
21h30 – Allianz Portuguese Surf Film Festival (Casa das Histórias Paula Rego)

Sábado, 10 de outubro
12h – Aula de Surf MOCHE
14h – Final masculina do Montepio Cascais Pro e coroação do campeão nacional
15h – Cerimónia de entrega de prémios do Montepio Cascais Pro
20h – Jantar de encerramento da Liga MOCHE e Portugal Surf Awards (acesso reservado)

Todas as etapas da Liga MOCHE têm transmissão em direto no MEO Kanal 202020; pela internet, em www.liga.moche.pt; na app mobile Surf MOCHE, bem como na RTP e n’A Bola TV, através de resumos dedicados.

O Montepio Cascais Pro é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MOCHE, Montepio, Allianz Seguros, Renault, Montepio, Ramirez, Red Bull, o apoio local da Câmara Municipal de Cascais e do Clube Recreativo e Cultural da Quinta dos Lombos, os parceiros oficiais RTP, GO-S.TV e Puro Feeling, bem como os media partners Mega Hits, A Bola, Surf Portugal, ONFIRE e Beachcam, contando também com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf.

Fonte: Nota de Imprensa Associação Nacional de Surfistas

8 Atletas de Clubes Algarvios

O Montepio Cascais Pro vai ter a participação de 8 atletas em representação de dois clubes do Algarve.

O Algarve Surf Clube vai ter três atletas em prova, todos na divisão masculina: Luca Guichard, Marlon Lipke e Eduardo Fernandes. Destaca-se na comitiva a ausência de Miguel Mouzinho, Joackim Guichard e do jovem Jakob Lilienweiss, este em viagem para a California, onde vai representar a Alemanha no Mundial Junior.

O Clube Naval de Portimão terá cinco atletas em prova, nas divisões masculina e feminina. No Open masculino vão competir Miguel Marinho, Frederico ‘Martim’ Magalhães e Paulo Almeida. Na divisão feminina estão inscritas pelo clube algarvio Inês Pascoal e Yolanda Hopkins (Sequeira). Destaque para a ausência de Francisco Duarte, selecionado para representar Portugal no Mundial Junior na California.

O ‘Heat Draw’ determinou duas baterias com dois algarvios cada na primeira ronda masculina. Luca Guichard e Miguel Marinho vão entrar no Heat 1; e Eduardo Fernandes e Paulo Almeida estarão no Heat 10.

Heat Draw

HeatDrawMasculino_Cascais

HeatDrawFeminino_Cascais

Comentários