pub

Allianz Billabong Pro Cascais | Qs 10.000 | Dia 4

Vasco Ribeiro ‘Gigante’ no Guincho

Vasco Ribeiro fez hoje, quinta-feira, o melhor 'score' e a segunda melhor onda do Allianz Billabong Pro Cascais até ao momento (®LaurentMasurel/WSL)
Vasco Ribeiro fez hoje, quinta-feira, o melhor 'score' e a segunda melhor onda do Allianz Billabong Pro Cascais até ao momento (®LaurentMasurel/WSL)
pub

O segundo dia de competição no Allianz Billabong Pro Cascais, quarto dia do evento QS 10.000, esta quinta-feira 1 de outubro, foi o dia de Vasco Ribeiro na Praia do Guincho. O Campeão Nacional e Campeão Mundial Junior está nos quartos-de-final da prova, depois de ter travado o amigo Frederico Morais já na fase ‘man-on-man’ do segundo evento português de pontuação máxima para o circuito mundial ‘Qualifying Series’, da World Surf League.

O dia hoje no Guincho começou com três portugueses em prova e a Ronda 2 ainda por concluir. Tiago Pires foi o primeiro a entrar em ação. Era o único português que ainda não tinha feito o seu ‘heat’ da Ronda 2. ‘Saca’ (13,17 pontos | 6,77+6,40) perdeu em 3º no seu ‘heat’ – para Evan Geiselman (1º) e Wiggolly Dantas (2º) – e foi eliminado, concluindo a prova em 25º.

A Ronda 3 (oito ‘heats’ com três atletas cada) avançou com dois portugueses no lote de 24 atletas em prova. Vasco Ribeiro foi no primeiro ‘heat’ da ronda, ganho com larga vantagem pelo norte-americano Kolohe Andino, competidor do Championship Tour (CT). Ficou eliminado o brasileiro David do Carmo, em 3º mas muito próximo do 2º lugar do português.

Frederico Morais (na imagem) venceu todos os seus 'heats'… até chegar ao duelo com Vasco Ribeiro na Ronda 4 (®LaurentMasurel/WSL)

Frederico Morais (na imagem) venceu todos os seus ‘heats’… até chegar ao duelo com Vasco Ribeiro na Ronda 4 (®LaurentMasurel/WSL)

Frederico Morais entrou em ação logo a seguir e venceu o seu ‘heat’ da Ronda 3 com uma excelente pontuação (17,43 pontos | 8,33+9,10). O Vice-Campeão Nacional deixou o marroquino Ramzi Boukhiam em 2º (distante) e o brasileiro Michael Rodrigues em 3º, eliminado.

Ditou a sorte da competição que a Ronda 4 (primeira ronda da fase ‘man-on-man’) ficaria marcada por um duelo português. Frederico Morais surgia favorito, até porque vencera todos os seus ‘heats’ até aí e atacou bem a bateria, alcançando uma pontuação forte (15,24 pontos | 7,17+8,07).

Vasco Ribeiro arrumou a questão com o mais elevado ‘score’ da prova até ao momento (17,90 pontos) e com a 2ª melhor onda do campeonato, um 9,73, apenas superada por Kanoa Igarashi com um 9,87 na Ronda 1. A ‘super-onda’ foi feita numa esquerda e nos segundos finais da bateria portuguesa, que era liderada por Frederico Morais.

Video da onda de 9,73 pontos feita hoje por Vasco Ribeiro

Frederico Morais concluiu a prova em 9º e Vasco Ribeiro seguiu para os quartos-de-final e tem já assegurado, pelo menos, o 5º lugar na prova. Ambos vão subir no ‘ranking’ QS após concluído o Allianz Billabong Pro Cascais.

Nos quartos-de-final, Vasco Ribeiro vai lutar contra Kolohe Andino, que tem feito ondas na casa dos 9 pontos e ficou à frente do português na Ronda 3. O duelo será no primeiro ‘heat’ dos quartos-de-final, possivelmente amanhã, sexta-feira 2 de outubro, a partir das 09h00. Acompanhe em direto, clicando AQUI .

Allianz Billabong Pro Cascais – Dia 3

 

Comentários