pub

2015 SATA Azores Pro | QS 10.000 | Dia 2

Marlon Lipke Forte em Santa Bárbara

Depois da vitória na Ronda 1, ontem, Marlon Lipke apurou-se hoje - em 2º no seu 'heat' - para a Ronda 3, onde apenas está mais um português (®ML)
Depois da vitória na Ronda 1, ontem, Marlon Lipke apurou-se hoje - em 2º no seu 'heat' - para a Ronda 3, onde apenas está mais um português (®ML)
pub

A bandeira Portuguesa está entregue ao algarvio Marlon Lipke e a Pedro Henrique na Praia de Santa Bárbara, Ilha de São Miguel, Açores. São os dois sobreviventes do contingente de nove portugueses que iniciou ontem o 2015 SATA Azores Pro, prova de 10.000 pontos do circuito mundial de qualificação (‘Qualifying Series’, QS) da World Surf League.

Marlon Lipke (Algarve Surf Clube) e Pedro Henrique (Carcavelos) apuraram-se esta quarta-feira, 23 de setembro, para a Ronda 3 do evento, o primeiro da ‘Portuguese Wave Series’, que inclui ainda o Allianz Billabong Pro Cascais (QS 10.000) e o Moche Rip Curl Pro (penúltima etapa do Championship Tour WSL). A começar nos Açores (até domingo), passando por Cascais (28 setembro a 4 outubro) e até Peniche (20 a 31 outubro); Portugal é agora o destino dos melhores surfistas do Mundo.

Os QS 10.000 são as mais importantes provas do circuito mundial de qualificação para o Championship Tour (CT). Marlon Lipke é um dos 6 atletas portugueses com entrada direta nos QS 10.000 por ter terminado a época anterior no Top 100 mundial, juntamente com Tiago Pires, Vasco Ribeiro, Frederico Morais, Nicolau Von Rupp e José Ferreira. O jovem Tomás Fernandes também tem entrada direta mas pelo 3º lugar alcançado no Mundial Junior o ano passado.

Video Destaques Dia 1 – 2015 SATA Azores Pro

Além dos sete nomes já referidos, entraram também no QS 10.000 açoriano os portugueses Pedro Henrique (recentemente consagrado campeão europeu do QS) e Jácome Correia (‘wildcard’ açoriano). Da comitiva de nove portugueses no 2015 SATA Azores Pro, três – Tiago Pires, Tomás Fernandes e Jácome Correia – foram eliminados, ontem, no primeiro dia da prova, em que foram realizados 22 dos 24 ‘heats’ da Ronda 1.

Hoje, quarta-feira 23 de setembro, Vasco Ribeiro foi eliminado em 3º lugar no último ‘heat’ da Ronda 1. Foram depois eliminados, já na Ronda 2, os portugueses José Ferreira e Frederico Morais, ambos em 3º nos respetivos ‘heats’. Frederico Morais vinha de uma vitória forte e moralizadora (16,03 | 8,60+7,43) na Ronda 1, mas na Ronda 2, hoje, perdeu numa bateria controlada por Alejo Muniz (1º) e Carlos Munoz (2º). Hoje foi também eliminado o brasileiro Jesse Mendes, vencedor do evento o ano passado.

Ainda esta quarta-feira, Pedro Henrique (11,20 | 7,83+3,37) apurou-se para a Ronda 3, em 2º no seu ‘heat’ da Ronda 2, a escassos 0,07 pontos do vencedor, o surfista havaiano Sebastian Zietz, atleta do Championship Tour.

Resultados do 'heat' com Marlon Lipke na Ronda 2 do Azores Pro, esta quarta-feira (®WSL)

Resultados do ‘heat’ com Marlon Lipke na Ronda 2 do Azores Pro, esta quarta-feira (®WSL)

Marlon Lipke alcançou uma pontuação mais elevada (13,67 | 6,50+7,17) no seu ‘heat’ e está na Ronda 3. O algarvio também foi 2º classificado no seu ‘heat’ da Ronda 2, atrás de um endiabrado Brent Dorrington, que fez a melhor pontuação (18,86 pontos) no evento até agora. O australiano deixou todos os seus adversários em combinação.

Amanhã, quinta-feira, 24 de setembro, a prova será retomada a partir da Ronda 3 (‘heats’ com três atletas cada), se as condições permitirem, e apenas com dois portugueses ainda em competição. Marlon Lipke vai medir forças com o australiano Adam Melling (22º no ‘ranking’ CT) e o brasileiro Hizunome Bettero, no segundo ‘heat’ da ronda. Pedro Henrique vai entrar no ‘heat’ 4 da Ronda 3, contra o brasileiro Wiggolly Dantas (12º no ‘ranking’ CT) e o havaiano Ezekiel Lau (32º no ‘ranking’ QS). Siga a ação em direto, a partir das 10h00, clicando AQUI.

Comentários