pub

Pantin Classic Galicia Pro | QS 1.500 | World Surf League

Marlon Avança para Ronda 4 na Galiza

Marlon Lipke em ação no primeiro dia, na Galiza. Hoje quase não havia ondas, mas o algarvio encontrou soluções (®WSL/LaurentMasurel)
Marlon Lipke em ação no primeiro dia, na Galiza. Hoje quase não havia ondas, mas o algarvio encontrou soluções (®WSL/LaurentMasurel)
pub

Final da manhã deste sábado, 5 de setembro. O algarvio Marlon Lipke (Algarve Surf Clube) encontrou soluções em mar quase raso na Galiza e avançou para a Ronda 4 no Pantin Classic Galicia Pro, evento de 1.500 pontos no circuito mundial ‘Qualifying Series’ (QS) da World Surf League (WSL).

A Ronda 3 no QS galego de 1.500 pontos foi concluída hoje em condições extremamente difíceis, com ondas mínimas. A ronda foi positiva para os portugueses em prova. Apesar das eliminações de Miguel Blanco e Luís Perloiro (4ºs nas respetivas baterias), apuraram-se para a Ronda 4 (ronda de 32 atletas) os portugueses João Kopke, Eduardo Fernandes (Algarve Surf Clube), Ruben Gonzalez, Pedro Henrique e Marlon Lipke (Algarve Surf Clube).

Marlon lutou pelo apuramento ao final da manhã e chegou a estar em lugar de eliminação. Ondas mínimas não se ajustam ao poderoso surf de rail e massa corporal do surfista algarvio, obrigado a adaptar-se a até a recorrer a batidas de prancha para ganhar velocidade, gesto que raramente lhe vemos.

Marlon apurou-se em 2º na sua bateria da Ronda 3, atrás do brasileiro Victor Bernardo, mas conseguiu fazer a melhor onda do ‘heat’, um 7,93, nos últimos minutos. Na Ronda 4, o algarvio vai entrar no Heat 7 (penúltimo) contra dois brasileiros, Bino Lopes e Robson Santos, e o australiano Kalani Ball.

Gony Zubizarreta, herói local na Galiza e amigo e sócio de Marlon na Jam Traction (®WSL)

Gony Zubizarreta, herói local na Galiza e amigo e sócio de Marlon na Jam Traction (®WSL)

Gony Faz Milagre

Marlon é atleta Top 100 mundial, com entrada direta nos QS 10.000, mas tem boas razões para estar a competir na Galiza. É o território do seu antigo patrocinador, a Vazva, onde tem fortes ligações. E Marlon está a aproveitar para promover na Galiza a sua nova marca de material técnico de surf, Jam Traction, com o seu amigo e sócio Gony Zubizarreta, herói local na Galiza.

O espanhol residente na Ericeira foi protagonista de um autêntico milagre no heat de abertura da Ronda 4, ao início da tarde deste sábado. Gony foi penalizado com uma interferência e, em condições de mar cada vez mais difícil, precisava de um milagre para sair do 4º lugar na bateria e conseguir o apuramento. O milagre aconteceu. A três minutos do final da bateria, Gony fez uma onda de 9,93 pontos e conseguiu o apuramento para a Ronda 5. Foi a melhor onda do campeonato até ao momento.

Comentários