pub

Bom Petisco Cascais Pro | Liga MEO Surf

Alex, ‘Pauladas’ e Concha Resistem no Guincho

Alex Botelho venceu a última bateria desta sexta-feira no Guincho. Algarvio já não competia na Liga há algum tempo (®PedroMestre/ANS)
Alex Botelho venceu a última bateria desta sexta-feira no Guincho. Algarvio já não competia na Liga há algum tempo (®PedroMestre/ANS)
pub

Alex Botelho (Algarve Surf Clube), Paulo Almeida (Imortal Desportivo Clube) e Concha Balsemão (Península de Peniche Surfing Clube) são os únicos algarvios em prova após os dois primeiros dias do Bom Petisco Cascais Pro, última etapa da Liga MEO Surf 2017. A prova na Praia do Guincho termina amanhã, sábado 16 de setembro, com três atletas ainda na corrida pela conquista do título nacional masculino.

O Algarve compareceu à última etapa da Liga Meo Surf 2017 com nove surfistas, oito masculinos e um feminino. Na comitiva algarvia destaque para dois regressos à principal liga do surf português, Francisco Canelas (Portimão Surf Clube) e Alex Botelho, com efeitos muito diferentes. Francisco Canelas perdeu de primeira e fez o pior resultado algarvio; Alex Botelho ainda está em prova e deu-se bem com o mar maior desta sexta-feira no Guincho.

O Bom Petisco Cascais Pro começou quinta-feira, com a realização da Ronda 1 Masculino e das duas primeiras rondas do quadro Feminino. Nesse primeiro dia de prova foram eliminados três algarvios: Francisco Canelas (4º na bateria; 49º na geral) Frederico ‘Martim’ Magalhães (33º geral) e Miguel Marinho (33º). ‘Martim’ representa o Clube Naval de Portimão e Marinho o Albufeira Surf Clube.

No quadro feminino, a algarvia Concha Balsemão avançou em 2º nas duas rondas disputadas quinta-feira e está nas meias-finais woman-on-woman, nas quais irá medir forças com Camilla Kemp. Ainda com tudo em aberto, a surfista da Carrapateira já tem assegurado o 3º lugar e presença no pódio, que deverá ser uma estreia.

Esta sexta-feira foi disputada no Guincho a Ronda 2 Masculino, em mar maior e batido por vento forte. Francisco Duarte (Clube Naval de Portimão), Ivan Bailote (Albufeira Surf Clube) e Jakob Lilienweiss (Algarve Surf Clube) foram hoje eliminados. Francisco e Jakob perderam em 4º nas respetivas baterias e concluem a prova em 25º na geral. Ivan perdeu em 3º e faz 17º.

Paulo Almeida, também conhecido por ‘Pauladas’, conseguiu apurar-se em 2º nas duas primeiras rondas. Ontem, apurou-se na Ronda 1 na mesma bateria em que Francisco Canelas perdeu em 4º. Hoje, Paulo Almeida voltou a conseguir o apuramento, deixando para trás os poderosos Francisco Alves e Ruben Gonzalez.

Alex Botelho venceu a última bateria desta sexta-feira, que encerrou a Ronda 2 Masculino. O surfista de Lagos, especialista em ondas grandes, deu-se bem com o mar maior de hoje no Guincho. Ontem tinha conseguido avançar em 2º na sua bateria da Ronda 1. Hoje, venceu a sua bateria na Ronda 2, resistindo à pressão do local Filipe Jervis.

Vasco Ribeiro, Pedro Henrique e Miguel Blanco chegam ao último dia do Bom Petisco Cascais Pro na luta pelo título nacional masculino. Vasco Ribeiro só depende de si e será campeão se chegar às meias-finais. Pedro Henrique e Miguel Blanco só podem ser campeões se Vasco Ribeiro perder antes e mesmo assim precisam de ganhar a etapa. Tiago Pires também era candidato ao título mas não compareceu na prova. O dia de todas as decisões é sábado, 16 de setembro.

 

Comentários