pub

Liga Meo Surf 2017 | #1

Doze Atletas Representam Algarve no Allianz Ericeira Pro

Marlon Lipke foi o melhor algarvio na liga em 2016. O ex-CT e ex-Campeão Europeu vai entrar no Heat 13 em Ribeira d'Ilhas (®PauloMarcelino/arquivo)
Marlon Lipke foi o melhor algarvio na liga em 2016. O ex-CT e ex-Campeão Europeu vai entrar no Heat 13 em Ribeira d'Ilhas (®PauloMarcelino/arquivo)
pub

A Liga Meo Surf 2017 começa amanhã, 24 de março, em Ribeira d’Ilhas. O Allianz Ericeira Pro dá início à nova temporada no circuito que define os campeões nacionais de surf, masculino e feminino, e vai ter em prova onze (11) a representar quatro clubes algarvios e mais uma algarvia a representar um clube de Peniche.

O clube algarvio mais representado é o Algarve Surf Clube, com um total de quatro (4) atletas em prova, incluindo o campeão nacional Pedro Henrique, que vai fazer a sua estreia pelo emblema de Vila do Bispo (ver notícia). Em representação do clube estão também Marlon Lipke, o melhor algarvio na liga 2016 (7º no ‘ranking’ final), Eduardo Fernandes (11º em 2016) e o jovem Jakob Lilienweiss, que vai entrar logo na primeira bateria, com o poderoso Vasco Ribeiro.

O Clube Naval de Portimão é o segundo clube algarvio mais representado, com três (3) atletas em prova: Francisco Duarte, terceiro melhor atleta do Algarve na liga 2016; Frederico ‘Martim’ Magalhães, que chegou hoje a Portugal depois de um mês na Austrália e vai competir ainda com ‘jet lag’ e muito surf de água quente no corpo; e Yolanda Hopkins, multicampeã regional feminino que afinou bastante o seu surf durante a pausa ‘off season’.

O Albufeira Surf Clube vai ter dois (2) atletas em Ribeira d’Ilhas: o veterano Miguel Marinho, que vai competir contra o jovem ‘Martim’ Magalhães na bateria 14; e o fortíssimo Ivan Bailote, a quem calhou o algarvio Marlon Lipke na bateria 13. O sorteio não foi amigo do Algarve, ao juntar surfistas da região nestas duas baterias e também numa bateria do quadro feminino.

O Imortal Desportivo Clube vai fazer a sua estreia na liga nacional dos campeões de surf. O histórico clube de Albufeira abriu uma academia de surf (ver notícia) e vai estar representado no Allianz Ericeira Pro por dois surfistas: Paulo Almeida, que vai competir contra o campeão nacional Pedro Henrique na bateria 9; e Inês Pascoal, que ainda surge no ‘heat draw’ com as siglas do seu clube anterior, mas vai competir pelo emblema do Imortal DC.

A algarvia Concha Balsemão vai competir em representação do Península de Peniche Surf Clube, por causa do estágio que agora concluiu na Austrália (ver notícia), que a impediu de competir em duas etapas do Regional Sul. A surfista algarvia também chegou hoje da Austrália e vai competir em adaptação acelerada a fuso horário, temperatura de água e fato isotérmico. Concha Balsemão vai entrar no primeiro ‘heat’ feminino, juntamente com a algarvia Inês Pascoal.

‘Heat Draw’ Algarvio | Allianz Ericeira Pro

Masculino

H1: Vasco Ribeiro / Pedro Rua / Jakob Lilienweiss (ASC)

H9: Pedro Henrique (ASC) / Tiago Santos / Paulo Almeida (IDC)

H10: João Moreira / Francisco Duarte (CNPTM) / Martim Van Zeller / Joaquim Chaves

H12: Eduardo Fernandes (ASC) / Jácome Correia / Manuel Morgado / Vasco Cordeiro

H13: Marlon Lipke (ASC) Ivan Bailote (A.S.C.) / Gabriel Ribeiro

H14: Francisco Alves / Frederico Magalhães (CNPTM) Miguel Marinho (A.S.C.) / Francisco Santos

Feminino

H1: Mariana Garcia / Inês Pascoal (IDC) Concha Balsemão (PPSC) / Mariana Brandão

H2: Tânia Oliveira / Yolanda Hopkins (CNPTM) / Mafalda Lopes

Lista de espera e ausências

O algarvio Francis Gregório está em lista de espera para a prova. O surfista de Quarteira aposta forte este ano na Liga Meo, para relançar a carreira, mas a falta de ‘seeding’ não lhe permitiu entrada direta no Allianz Ericeira Pro. Francis poderá estar na praia, na expetativa de poder preencher alguma vaga por desistência, particularmente, nos ‘trials’, de onde sairão os competidores para as vagas abertas no sorteio do quadro principal.

Miguel Mouzinho é uma ausência de peso no sorteio de baterias. O surfista algarvio não competiu na época passada devido a lesão grave e aguarda-se pelo seu regresso à competição. O surfista treinador poderá também estar na praia com o (seu) atleta João Mendonça, o algarvio campeão nacional Sub-12 em título.

O Swell-Algarve sabe que dois surfistas algarvios muito jovens, Martim Brandão e Henrique ‘Piki’ Gomes (já campeão regional Sub-12 deste ano), também deverão estar na praia, com os respectivos treinadores, Ivan Bailote e Paulo Almeida. Neste caso viajaram não à espera de competir, mas para experimentar o ambiente da principal liga de surf portuguesa.

Ausentes da Liga continuam os irmãos algarvios Luca e Joackim Guichard. Também não consta no sorteio de baterias o nome do veterano Gustavo ‘Guga’ Gouveia, campeão nacional 2001, que no ano passado regressou à competição ao mais alto nível.

‘Wildcards’

Uma nota especial para os wildcards desta etapa que, a convite do Ericeira Surf Clube e da Associação Nacional de Surfistas, aceitaram o desafio de voltar à competição em Ribeira D’Ilhas. O Allianz Ericeira Pro conta assim com a presença de Justin Mujica, ex-campeão nacional, Carina Duarte, Fernando “Jó” Bento, histórico do surf português, e Vasco Claro, local da Ericeira.

MEO Rip Curl Fantasy

Outro ponto de interesse são as votações no âmbito do MEO Rip Curl Fantasy que nesta etapa vai atribuir um fato Rip Curl E-bomb 4/3 ao participante que acertar nos dois vencedores da etapa com menor grau de erro do score de ambos na final.

À data do fecho desta comunicação, público designava Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot como os escolhidos para campeões da etapa, sendo Vasco o mais votado para surfista preferido da etapa, ganhando assim um convite VIP para o MEO Rip Curl Pro Portugal. As votações terminam na noite do primeiro dia de prova. Mais informações em www.ansurfistas.com/fantasy.

Transmissões

Todas as etapas da Liga MEO Surf têm transmissão em directo em www.ligameosurf.pt, e no MEO Kanal 202020, juntando-se ainda os programas diários e de resumo na SIC Radical e Bola TV. As plataformas oficiais são os meios institucionais da Associação Nacional de Surfistas através do seu portal www.ansurfistas.com e as redes sociais em @ansurfistas.

Comentários