pub

Algarvia convidada para a Mussanah Race Week em Omã

Beatriz Gago Aventura-se nas Arábias

Beatriz Gago tem 14 anos de idade e está na Mussanah Race Week, em Omã, como convidada, a custo zero (®PauloMarcelino/Arquivo)
Beatriz Gago tem 14 anos de idade e está na Mussanah Race Week, em Omã, como convidada, a custo zero (®PauloMarcelino/Arquivo)
pub

A velejadora algarvia Beatriz Gago, Bicampeã de Portugal Juvenis Feminino está em Omã, para participar na Mussanah Race Week, a convite da organização. “Esta deslocação é o culminar de todo o esforço feito ao longo do percurso desportivo, desde miudinha”, comentou o treinador Frederico Coutinho Rato, do Clube Naval de Portimão, ao Swell-Algarve.

Beatriz Gago tem 14 anos de idade, foi Campeã de Portugal no escalão Infantis por duas vezes (2012 e 2013) e Campeã de Portugal Juvenis Feminino em 2015 e 2016. No ano passado alcançou, em Vilamoura, o melhor resultado feminino português de sempre (6ª) em Mundiais de Optimist.

A velejadora algarvia foi convidada pela organização da Mussanah Race Week e participa no evento a custo zero por ter o melhor ‘ranking’ português entre os velejadores ainda ativos na Classe Optimist. ‘Bia’ foi 3ª classificada na geral do ‘Ranking’ Nacional de Apuramento da Classe Optimist 2016. Os dois primeiros classificados já não velejam em Optimist.

Beatriz Gago é Campeã de Portugal e tem o melhor 'ranking' português de Optimist, entre todos os velejadores ativos na Classe (®PauloMarcelino/Arquivo)

Beatriz Gago é Campeã de Portugal e tem o melhor ‘ranking’ português de Optimist, entre todos os velejadores ativos na Classe (®PauloMarcelino/Arquivo)

“O convite foi feito há poucos dias e foi uma surpresa. Foi encaminhado pelo Nuno Reis, da Companhia Náutica. A miúda, mal soube, deu um pulo de alegria. Estou muito feliz por ela”, disse o treinador da atleta, ao Swell-Algarve. “Este é o último ano da Beatriz em Optimist e conseguir um convite destes é uma oportunidade única”, acrescentou Frederico Coutinho Rato.

Beatriz Gago chegou ontem a Omã. A velejadora já está na Cidade dos Desportos de Mussanah, um luxuoso complexo costeiro inaugurado em 2010. É ali, a 85 quilómetros de Muscat, que vai decorrer a Mussanah Race Week, cuja primeira edição foi realizada em 2011. O evento insere-se numa estratégia de promoção e desenvolvimento da Vela naquela região e de montra do local como destino de excelência para grandes provas internacionais.

As condições são luxuosas e estão presentes os melhores velejadores de Optimist do Mundo e de vários países, num total de 160 atletas, de 21 nações. O evento começa hoje, com registos e medições técnicas e termina no dia 23, com a cerimónia de entrega de prémios. O programa inclui dias de treinos e ações de formação (de 15 a 17) e dias de regatas (de 18 a 21).

Marina de Mussanah, em Omã, a morada da velejadora algarvia durante esta semana (®DR)

Marina de Mussanah, em Omã, a morada da velejadora algarvia durante esta semana (®DR)

Por estar no evento em Omã, Beatriz Gago não vai participar na 3ª PAR Sul, agendada para o próximo fim-de-semana, em Olhão. A velejadora de Portimão venceu as duas primeiras PAR Sul da temporada (ver notícia) e, de qualquer forma, tem sempre presença assegurada no Campeonato de Portugal de Juvenis, por ser campeã feminino e poder defender o título.

Beatriz Gago viajou sozinha para Omã. “Ela dizia-me: mesmo com medo, vou. Mas até entrar no avião não acreditava que ia”, comentou Frederico Coutinho Rato. A velejadora algarvia transportou uma vela nova, que vai estrear em competições, e vai participar no evento com um barco da organização e ficar sob a tutela direta de um treinador local, de nacionalidade brasileira. É também uma aventura de vida extraordinária, numa realidade distante e bem diferente do mundo ocidental. “É um convite que vai além do sonho”, conclui o treinador.

Comentários