pub

Circuito Mundial de Qualificação WSL

Mais Um Dia Curto em Santa Cruz

Eduardo Fernandes manteve hoje o Algarve Surf Clube ainda em prova em Santa Cruz, com uma vitória na Ronda 2 (®LaurentMasurel)
Eduardo Fernandes manteve hoje o Algarve Surf Clube ainda em prova em Santa Cruz, com uma vitória na Ronda 2 (®LaurentMasurel)
pub

O Santa Cruz Pro mudou-se esta sexta-feira para o local principal na Praia da Física, para a realização das oito baterias da Ronda 2 masculina. As condições não deram para mais. A 5ª Etapa europeia do circuito mundial de qualificação da World Surf League, primeiro QS em Torres Vedras, continua servida por mar pequeno. Eduardo Fernandes, do Algarve Surf Clube, venceu a sua bateria, mas Frederico ‘Martim’ Magalhães, do Clube Naval de Portimão, foi hoje eliminado.

O surfista de Carcavelos que representa o Algarve Surf Clube venceu uma bateria totalmente portuguesa na Ronda 2. Eduardo Fernandes (12,77 | 6,17+6,60) impôs-se a Tomás Fernandes (2º), João Kopke (3º) e Ruben Gonzalez (4º). Na Ronda 3, ronda de 16 atletas, ‘Edu’ vai estar numa bateria com Nic Von Rupp e também com o basco Hodei Collazo e o brasileiro Luan Carvalho.

O algarvio Frederico ‘Martim’ Magalhães (7,14 | 3,27+3,87) foi hoje eliminado na Praia da Física. O atleta do Clube Naval de Portimão apanhou oito ondas, mas não conseguiu encontrar os pontos de que precisava para continuar em prova. ‘Martim’ foi eliminado em 4º numa bateria ganha por Hodei Collazo e na qual também se apurou, em 2º, Jorgann Couzinet. O surfista algarvio conclui o QS 1000 em 25º lugar e recolhe 185 pontos para o ranking de qualificação.

O francês Andy Criere elevou hoje a fasquia no campeonato, ao conseguir a primeira onda de nove pontos (9,10) e o primeiro ‘score’ acima dos dezasseis pontos (16,60). O espanhol Vincent Romero, com uma onda de 8,33 pontos; e o português José Ferreira, com uma ‘bomba’ de 8,50 pontos também se destacaram num dia de pontuações médias.

José Ferreira, Eduardo Fernandes, Nic Von Rupp, Tomás Fernandes e Guilherme Fonseca são os cinco portugueses no grupo dos 16 surfistas ainda em prova no quadro masculino em Santa Cruz. As meninas não competiram hoje porque as condições foram afetadas por um forte vento side-shore no final da ronda masculina.

Mantém-se a expetativa para o duelo de abertura dos quartos-de-final femininos, que vai opor a algarvia Yolanda Hopkins (Clube Naval de Portimão) a Carol Henrique, que este ano já venceu três etapas na Liga Moche. A chamada para amanhã, sábado, 23 de julho, está marcada para as 10h30.

Links:

Dia 2

Dia 1

Comentários