pub

QS 10.000 WSL na África do Sul

Frederico Morais 25º no Ballito Pro

Palanque do campeonato em Ballito (®KellyCestari/WSL)
Palanque do campeonato em Ballito (®KellyCestari/WSL)
pub

O campeão nacional de surf, Frederico Morais, fez 25º lugar no Ballito Pro powered by Billabong, na África do Sul, evento maior de 10.000 pontos no circuito mundial ‘Qualifying Series’ da World Surf League. ‘Kikas’ foi o melhor português na prova, tendo sido eliminado esta sexta-feira, 1 de julho, em 3º na sua bateria da Ronda 3.

Numa bateria em que a média de notas para as melhores ondas foi de 5,45 pontos, Frederico Morais perdeu a precisar de uma onda de 5,68 pontos para ‘roubar’ o segundo lugar de apuramento ao génio italiano Leonardo Fioravanti. A bateria foi ganha pelo francês Maxime Huscenot, que seria eliminado na ronda seguinte.

Frederico Morais, que este ano conquistou em Martinique o seu primeiro triunfo no circuito mundial de qualificação WSL, ocupa atualmente o 16º lugar no ‘ranking’ QS.

O australiano Jack Freestone (17,16 na Ronda 4) e o brasileiro Krystian Kymerson (17,77 na Ronda 3) produziram as pontuações mais elevadas do dia. Ambos estão já apurados para a Ronda 5 (ronda de 16), à qual também chegaram, de forma mais discreta, Leonardo Fioravanti e o sul-africano Jordy Smith.

 

Comentários