pub

Allianz Ericeira Pro by Danike | 1ª Etapa Liga Moche 2016

Marlon Lipke Faz 5º Lugar em Ribeira D’Ilhas

Gony Zubizarreta e Camilla Kemp, vencedores do Allianz Ericeira Pro by Dakine (®PedroMestre/ANS)
Gony Zubizarreta e Camilla Kemp, vencedores do Allianz Ericeira Pro by Dakine (®PedroMestre/ANS)
pub

Marlon Lipke (Algarve Surf Clube) fez 5º lugar no Allianz Ericeira Pro by Dakine, 1ª Etapa da Liga Moche 2016, em Ribeira D’Ilhas. O surfista algarvio festejou hoje o dia mágico do seu amigo e sócio Gony Zubizarreta, que venceu a final masculina com duas ondas quase perfeitas. Camilla Kemp ganhou no quadro feminina, depois de eliminar a campeã nacional, Teresa Bonvalot, nas meias-finais.

Marlon Lipke foi eliminado esta manhã, nos quartos-de-final ‘man-on-man’, em duelo direto contra Tiago Pires. Foi uma bateria morna, a segunda do dia, com ondas de metro e vento off-shore. O surfista algarvio (15,15 | 7,50+7,25) caiu duas vezes e não fez a melhor escolha de ondas, realizando uma bateria abaixo das suas capacidades. Ainda atacou nos últimos seis minutos, mas Tiago Pires (16,10 | 8,00+8,10) esteve ao seu melhor nível e controlou a bateria.

Marlon Lipke cumprimenta Tiago Pires após este o ter eliminado nos quartos-de-final (®screenshot)

Marlon Lipke cumprimenta Tiago Pires após este o ter eliminado nos quartos-de-final (®screenshot)

Nas meias-finais, Tiago Pires perdeu para Gony Zubizarreta, que esteve ‘prego a fundo’ durante todo o campeonato e começou o dia com uma vitória, nos quartos-de-final, sobre Guilherme Fonseca.

Gony Zubizarreta e Camilla Kemp são os grandes vencedores do Allianz Ericeira Pro by Dakine. 

Na final masculina, Gony Zubizarreta, surfista espanhol que reside na Ericeira há 5 anos, e Vasco Ribeiro, campeão da Liga MOCHE em 2011, 2012 e 2014, travaram uma emocionante disputa. Gony começou muito forte o último do Allianz Ericeira Pro by Dakine, fazendo uma nota de 9.5, à qual Vasco respondeu com um 8.5. Ambos os surfistas procuraram muito uma segunda onda e o surfista da Ericeira foi quem a descobriu primeiro, fazendo a melhor nota de toda a prova, 9.9 em 10 pontos possíveis. No fim dos 30 minutos, Gony Zubizarreta derrotou Vasco Ribeiro fazendo 19.40 pontos (em 20 possíveis) contra os 13.50 do surfista português. Gony fez também o melhor ‘score’ (pontuação) e sucedeu assim a Tiago Pires como vencedor desta etapa.

Gony fez na final a melhor onda (9,90) e a melhor pontuação (19,40) da prova (®PedroMestre/ANS)

Gony fez na final a melhor onda (9,90) e a melhor pontuação (19,40) da prova (®PedroMestre/ANS)

“Foi incrível! Comecei com um 9,5 mas depois não estava a conseguir encontrar uma segunda onda. O Vasco é um surfista muito forte e eu sabia que ia precisar de outra onda rapidamente. Felizmente, descobri uma perfeita no fim do heat e fiz o 9,90. Foi o meu melhor heat de sempre na Liga MOCHE! Quero agradecer à organização por me deixar competir nesta Liga que considero ser a melhor da Europa” afirmou Gony, emocionado, no fim da sua bateria.

Já a final feminina foi dominada desde o primeiro minuto por Camilla Kemp, vice-campeã da Liga MOCHE 2016. A surfista do Guincho começou a bateria com uma nota de 6,25 pontos, aos quais a sua adversária Carina Duarte, campeã nacional em 2008 e 2013, nunca conseguiu responder. A campeã do Allianz Ericeira Pro by Dakine fez uma pontuação de 12,25 pontos contra os 8.10 da sua adversária. Com esta vitória, Camilla sucede a Teresa Bonvalot como vencedora da etapa da Ericeira da Liga.

Depois da final, Camilla mostrou-se feliz e ambiciosa: “Estou muito contente. O mar estava um pouco parado por causa da maré mas estou feliz por ganhar. É sempre bom começar um ano de Liga MOCHE assim. Este ano vou tentar atacar o título nacional. Esta vitória foi apenas numa etapa e sei que uma etapa não decide nada. Por isso, quero continuar a fazer os meus campeonatos e a trabalhar. Mas, claro, estou muito feliz.”.

Camilla Kemp começa o ano a ganhar e quer atacar o título nacional feminino (®PedroMestre/ANS)

Camilla Kemp começa o ano a ganhar e quer atacar o título nacional feminino (®PedroMestre/ANS)

Ao terem vencido o Allianz Ericeira Pro by Dakine, Gony Zubizarreta e Camilla Kemp são os líderes do ranking da Allianz Triple Crown.

Neste último dia de competição, merecido destaque ainda para Tiago Pires e Teresa Bonvalot. Ambos os surfistas competiram condicionados por pequenas lesões e mesmo assim, numa prova de força, alcançaram a 3ª posição.

Quanto aos troféus paralelos da Liga, Dylan Groen, melhor júnior masculino de 2015, começou o ano a vencer o Ramirez Júnior Award desta etapa: “Estou muito contente. Espero poder ganhar este prémio mais vezes este ano. Tenho trabalhado muito no meu surf e é bom colher os frutos deste trabalho. Este ano quero melhorar o 20º posto que consegui na Liga Moche no ano passado”.

Já a Renault Expression Session foi ganha por Arran Strong, surfista da Ericeira: “Estou muito contente por ter ganho este prémio. Foi uma boa segunda oportunidade para mostrar o meu surf depois do campeonato não me ter corrido bem. Este ano na Liga quero fazer todas as etapas e espero conseguir bons resultados”.

Nota merecida ainda para João Moreira, surfista de Carcavelos com 17 anos. O jovem surfista, ao ser o melhor júnior masculino do Allianz Ericeira Pro by Dakine, recebeu das mãos de Tiago Pires a prancha com a qual Saca venceu esta prova em 2015.

Resultados finais da prova

Final masculina: Gony Zubizarreta 19.40 vs Vasco Ribeiro 13.5;
Final feminina: Camilla Kemp 12,25 vs Carina Duarte 8,10;
Líderes da Allianz Triple Crown: Gony Zubizarreta e Camilla Kemp;
Ramirez Júnior Award (sub16 masculino): Dylan Groen;
Renault Expression Session: Arran Strong;

Resultados Algarvios

Masculino

5. Marlon Lipke (Algarve Surf Clube)

17. Ivan Bailote (Albufeira Surf Clube)

17. Eduardo Fernandes (AlgarveSC)

25. Frederico ‘Martim’ Magalhães (Clube Naval de Portimão)

25. Francisco Duarte (CNPortimão)

25. Paulo Almeida (Portimão Surf Clube)

33. Jakob Lilienweiss (AlgarveSC)

33. Miguel Marinho (AlgarveSC)

49. Miguel Mouzinho (AlgarveSC)

49. Luca Carlisle (AlbufeiraSC) – fq

Feminino

Ronda 1 | 3ª. Yolanda Hopkins (CNPortimão)

Ronda 1 | 3ª. Inês Pascoal (AlbufeiraSC)

Para além dos títulos nacionais, o Allianz Ericeira Pro by Dakine marca o início da Allianz Triple Crown, troféu interno da Liga MOCHE que no conjunto das provas com Naming Sponsor Allianz, irá distribuir mais de 6.000€ entre o vencedor masculino e a vencedor feminina, encontram-se também em disputa o Ramirez Junior Award e a Renault Expression Session, ambos atribuindo 2.500€ anuais. A premiação global da Liga Moche 2016 será superior a 80.000€ anuais.

Todas as etapas da Liga MOCHE têm transmissão em direto com toda a qualidade da fibra MEO via liga.moche.pt, app mobile Surf MOCHE e MEO Kanal 202020, juntando-se ainda os programas de antevisão e resumo na RTP1 e Bola TV.

A Liga MOCHE é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MOCHE, Allianz Seguros, Renault, Ramirez, Red Bull e Dakine, os apoios locais da Câmara Municipal de Mafra, os parceiros oficiais RTP1, Cidade FM e GO-S.TV e os media partners Diário de Notícias, A Bola, Beachcam, SURFPortugal, Onfire, Surftotal e SAPO, e o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf e Ericeira Surf Clube.

Links:

Allianz Ericeira Pro by Dakine | Dia 2

Allianz Ericeira Pro by Dakine – Dia 1

Allianz Ericeira Pro by Dakine – Antevisão

Fonte: Nota de Imprensa Associação Nacional de Surfistas

Comentários