pub

Surfista e empresário algarvio

Marlon Lipke Apresenta Surfguide.com

Marlon Lipke, 31 anos, começa a preparar o futuro como empresário mas mantém-se concentrado na carreira de surfista profissional, Top 98 Mundial e Top 6 Nacional (®PauloMarcelino/Arquivo)
Marlon Lipke, 31 anos, começa a preparar o futuro como empresário mas mantém-se concentrado na carreira de surfista profissional, Top 98 Mundial e Top 6 Nacional (®PauloMarcelino/Arquivo)
pub

“Agora é o tempo de abrir negócios”. Marlon Lipke, surfista algarvio Top 98 Mundial e Top 6 Nacional abriu o surfguide.com, um ‘site’ interativo para procura de destinos de surf em todo o mundo. É o segundo negócio em que o surfista aposta este ano, depois da JAM; e constitui motivo para uma conversa sobre o futuro com o atleta, que não exclui a possibilidade de estudar… Filosofia.

O surfguide.com é daquelas soluções tão óbvias e úteis que parece incrível ser novidade. Mas é. “A ideia surgiu há dois anos, em conversa com um amigo. Estávamos sentados num sofá a falar sobre locais e soluções para surf”, revelou Marlon Lipke. Qualquer surfista está sempre à procura de ondas. O surfguide.com concentra a procura num único local.

Vista parcial da página de entrada do surfguide.com, com filtros de busca eficazes (®screenshot)

Vista parcial da página de entrada do surfguide.com, com filtros de busca eficazes (®screenshot)

O site disponibiliza filtros de busca que vão restringindo as respostas à medida daquilo que cada utilizador pretende, nomeadamente local, tipo de onda, custo e outras variantes. Os resultados apontam para perfis elaborados no próprio site por operadores dos serviços, que contratam alojamento no site. Este ano foi grátis, mas a partir do próximo ano o alojamento de oferta vai passar a ser pago e é esse o modelo principal do negócio.

O surfguide teve desde logo a sorte de ter o nome disponível para o domínio .com, o que constitui uma mais-valia à partida. O site está a ter grande sucesso e regista já uma média de 10 mil visitas por mês. Marlon Lipke revelou que está em preparação um ‘upgrade’ do site, com melhoramento da página de entrada, “que vai ser mais simples”, explicou o surfista.

Os resultados da busca apontam para perfis dos operadores de serviços que pagam para estar alojados no site (®screenshot)

Os resultados da busca apontam para perfis dos operadores de serviços que pagam para estar alojados no site (®screenshot)

Marlon Lipke funciona no surfguide em parceria com um sócio. É o surfista quem garante a veracidade do serviço porque conhece a maioria dos destinos/serviços anunciados devido aos longos anos de viagens enquanto surfista profissional. “A minha forma de vida enquanto surfista foi a minha universidade”, comentou o atleta.

Marlon Lipke é o melhor surfista de competição no Algarve. Foi um pioneiro nessa área; chegou a Campeão da Europa, foi 3º melhor junior mundial e esteve um ano no Championship Tour (CT). Experimentou aos 24 anos de idade abrir o seu primeiro negócio e ganhou experiência para a fase empreendedora que agora vive. É ele quem gere diretamente a JAM, marca de equipamento técnico de surf que criou com o seu amigo e surfista Gony Zubizarreta.

Marlon concluiu a Liga Moche 2015 em 6º no 'ranking' final e com menos uma etapa. Vêmo-lo aqui em ação em Carcavelos (®PauloMarcelino/Arquivo)

Marlon concluiu a Liga Moche 2015 em 6º no ‘ranking’ final e com menos uma etapa. Vêmo-lo aqui em ação em Carcavelos (®PauloMarcelino/Arquivo)

“Ainda vou abrir um terceiro negócio”, revelou Marlon, mostrando alma de empresário ao explicar que prefere ter investimentos diversificados em vez de apostar tudo numa só ideia. “Ainda estou a surfar. Mas se não começar a trabalhar ideias e abrir negócios, o futuro vai ser mais complicado”, sublinhou o surfista, de 31 anos de idade.

Marlon Lipke concluiu a época desportiva em Top 6 nacional e Top 98 Mundial, o que lhe garante continuar a ter entrada direta nos principais eventos do circuito mundial ‘Qualifying Series’ (QS) da World Surf League, os campeonatos QS 10.000.

“Este ano correu-me bem. Podia ter passado mais uns heats (nos QS 10.000). No Brasil perdi por pouco. Em Trestles perdi contra o Dusty Payne nos últimos segundos. Nos Açores não surfei como devia a última onda contra o Adam Melling. Mas gostei mais deste ano que do anterior. Senti-me mais relaxado e tive uns heats bons”, comentou Marlon Lipke, em jeito de balanço de época.

Marlon Lipke continua empenhado na carreira de surfista profissional, mas está já a preparar o futuro (®PauloMarcelino/Arquivo)

Marlon Lipke continua empenhado na carreira de surfista profissional, mas está já a preparar o futuro (®PauloMarcelino/Arquivo)

O surfista de Lagos não pendurou a prancha. Vai continuar empenhado nos negócios e no planeamento do futuro, não excluindo a hipótese de se candidatar à universidade quando chegar aos 40 / 45 anos de idade… “para estudar, talvez, Filosofia“. Mas não abdica do desporto a que se dedicou toda a vida.

Marlon Lipke vai iniciar a época como comentador no Mundial Junior que começa dia 4 de Janeiro, na Ericeira, e depois vai estar também concentrado no circuito QS, para o qual espera estar em forma e recuperado da lesão num ombro que o impede de surfar há um mês. “Gosto de ganhar”, diz Marlon, e esse é o impulso que o move na vida… nas ondas e nos negócios.

Comentários